18 de maio de 2022   |   19:01  |  

booked.net

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on telegram

Polícia Federal fecha garimpo ilegal de ouro na cidade histórica de Ouro Preto; FOTOS

Seis garimpeiros foram conduzidos à sede da PF para prestar esclarecimentos. Outra operação, do Ibama em parceria com a PM e a Polícia Civil, combateu garimpo ilegal na vizinha Mariana.

_________________Publicidade_________________

A Polícia Federal (PF) informou na manhã desta quarta-feira (11), que fechou um garimpo ilegal de ouro na cidade histórica de Ouro Preto, na Região Central de Minas Gerais.

O local onde a exploração irregular era realizada fica no distrito de Antônio Pereira. A operação foi realizada nesta terça-feira (10).

Polícia Federal fecha garimpo ilegal de ouro — Foto: Polícia Federal/Divulgação

Polícia Federal fecha garimpo ilegal de ouro — Foto: Polícia

De acordo com PF, equipamentos usados no garimpo foram apreendidos durante a ação. Além disso, seis garimpeiros foram conduzidos à sede da Polícia Federal para prestar esclarecimentos.

Ainda segundo a PF, os trabalhos seguem para dar continuidade ao combate do ilegal do garimpo.

Garimpo ilegal era realizado no distrito de Antônio Pereira — Foto: Polícia Federal/Divulgação

Garimpo ilegal era realizado no distrito de Antônio Pereira — Foto: Polícia Federal/Divulgação

Quem pratica essa atividade pode responder por extração ilegal de recursos minerais sem autorização e por usurpação de matéria-prima da União. As penas podem chegar, respectivamente, a um ano e cinco anos de prisão, além de multa.

Operação foi realizada nesta terça-feira (10) — Foto: Polícia Federal/Divulgação

Operação foi realizada nesta terça-feira (10) — Foto: Polícia

Garimpo ilegal em Mariana

Também nesta terça-feira (10), outra operação combateu garimpo ilegal no Rio Gualaxo, no município de Mariana, vizinho a Ouro Preto, na Região Central do estado.

Operação aconteceu no Rio Gualaxo, no município de Mariana.

Operação aconteceu no Rio Gualaxo, no município de Mariana.

Esta operação foi realizada pelo Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama) e pela Polícia Militar, com apoio aéreo de helicóptero da Polícia Civil de Minas Gerais.

De acordo com o Ibama, foram apreendidos e inutilizados 9 motores estacionários, 4 bombas d’água e 2 balsas de garimpo.

A operação foi realizada pelo Ibama e PM, com apoio aéreo de helicóptero da Polícia Civil. — Foto: Ibama

O instituto reforça que “o garimpo ilegal causa diversos danos ao meio ambiente, e esses impactos se estendem à saúde da população que utiliza os rios como fonte de alimento, trabalho ou lazer, podendo causar grande prejuízo para as comunidades”.

Compartilhe:

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on telegram

LEIA MAIS