Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on telegram

Polícia encontra passagem secreta na casa de ator do SBT encontrado morto

_________________Publicidade_________________

Luiz Carlos Araújo, o Valter na novela Carinha de Anjo (2016), morreu em circunstâncias muito misteriosas . No boletim de ocorrência registrado, a polícia fez uma série de relatos curiosos, entre eles o apontamento de uma passagem secreta no apartamento do ator. O acesso, por sua vez, permite qualquer um entre no imóvel sem passar antes pela portaria. Além disso, o fato de as câmeras de segurança estarem desligadas chamou atenção das autoridades.

De acordo com o boletim de ocorrência, obtido pelo site Notícias da TV conseguiu, o corpo do ator foi encontrado sem sinais aparentes de violência física. O rosto, por sua vez, estava disforme e com a pele bastante escurecida, este fator sendo atribuído ao avançado estado de decomposição em que o artista foi encontrado. A estimativa é que demorou cinco dias para que Luiz Carlos fosse encontrado.

Ao entrar no apartamento, os policiais teriam encontrado o ator na cama, de barriga para cima e com as pernas levemente dobradas, vestindo apenas uma cueca vermelha, meias cinzas e uma camiseta azul. No Apartamento há três câmeras, uma na porta de entrada, outra no corredor e uma terceira no quarto, todas sem funcionamento. Atrás do sofá foi um encontrado um apetrecho de armanezamento de memória, artefato este que pode conter as últimas imagens em vida de Luiz Carlos.

No quarto do ator há uma grande área aberta, uma varanda, onde pode-se encontrar uma rede que fazia parede contígua com uma caixa d’água. Não demorou e os policias notaram que o acesso ao apartamento sem passar pela portaria era algo fácil. “Aparente possibilidade de sair do apartamento –apenas, obviamente, por alguém que o conhecesse muito bem, assim como a rotina do prédio e dos vizinhos”, informa o boletim de ocorrência.

Até o momento não há conclusão do caso, a análise inicial chamou a atenção dos policiais, sobretudo a sacada do quarto. “Especialmente porque tudo se encontrava aberto”, relata o grupo policial. As autoridades também investigam um visitante suspeito no apartamento. Um amigo de Luiz Carlos que esteve com ele uma semana antes da morte no apartamento. Além disso, já foi solicitado um exame toxicológico para saber se o artista estava sob efeito de drogas durante sua morte.

Por iG

Compartilhe:

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on telegram
Redação Juruá Online

Redação Juruá Online

Notícias Relacionadas