Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on telegram

Policia Civil do Acre deflagra “Operação Off Line” e prende chofer do tráfico de drogas

_________________Publicidade_________________

Ao final da tarde da última quarta-feira, 31, a Polícia Civil do Acre deflagrou a operação “Off Line” e prendeu R. D. L. de 47 anos, pelos crimes de lavagem de dinheiro, associação para o tráfico de drogas.

A ação de investigação visou reprimir o abastecimento de drogas em pontos de venda localizados em diversos bairros da capital, que eram abastecidos pelo investigado. A operação envolveu também a prisão de pessoas relacionadas a R.D.L, e se deu nos Bairros Vila Acre, Tancredo Neves, Eldorado, Bairro Panorama, Triângulo, sendo estas realizadas no dia 30.03.2021.

O investigado já havia sido preso em 20 de fevereiro de 2020, em posse de 88.000,00 (oitenta e oito mil reais) escondidos no assoalho de seu carro, bem como na posse de duas motocicletas superesportivas, além de um veículo tipo taxi, cuja atividade utilizava como fachada para realizar entregas de drogas para traficantes locais.

Após sua primeira prisão, e em gozo de liberdade provisória, o investigado continuou suas atividades criminosas de tráfico de drogas e lavagem de dinheiro, ocasião em que, mesmo estando com bens apreendidos, adquiriu outros veículos, a exemplo de novo taxi, veículo vw saveiro, propriedade rural na cidade de capixaba, bem como outra motocicleta superesportiva, todos oriundos do tráfico de drogas.

No decorrer da investigação, no dia 04.09.2020, no bairro Tancredo Neves, na tentativa de prender o investigado em flagrante, este, ao ver a equipe da DENARC, empreendeu fuga com seu veículo, o qual bateu num pequeno barranco e foi incendiado devido à colisão. Na ocasião, ele conseguiu fugir à pé.

Na conclusão da investigação o investigado fugiu para sua propriedade rural, no município de Capixaba, onde acreditava que não seria encontrado. Todavia, após intensas buscas pelos ramais, com apoio da Delegacia de Roubos e Extorsões – DECORE, ele foi preso, e teve os bens sequestrados, ocasião em que foi indiciado pelos crimes de associação ao tráfico de drogas e lavagem de dinheiro.

A polícia civil agradece ao Poder Judiciário e Ministério Público pela celeridade na análise do processo, o que possibilitou o sucesso da investigação.

Ascom /Polícia Civil

Compartilhe:

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on telegram
Redação Juruá Online

Redação Juruá Online

Notícias Relacionadas