Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on telegram

Policia Civil deflagra operação “Asfixia”, prende traficante e desmantela laboratório em Rio Branco e Rondônia

_________________Publicidade_________________

A Polícia Civil do Acre, por meio da Delegacia de Repressão a Ações Criminosas Organizadas, na manhã desta quinta-feira, 05, deflagrou a 1a fase da operação “Asfixia, e cumpriu 9 mandados em diversos pontos de Rio Branco e nas cidades de Porto Velho, Cujubim e Ariquemes em Rondônia.
 
A ação contou com o apoio do Departamento da Capital e Interior, policiais de outras unidades além da Polícia Civil de Rondônia e decorre de investigação sobre a atuação de determinada facção criminosa com ramificações nos Estados do Acre e Rondônia.
 
Durante o cumprimento dos mandados foi preso em flagrante o nacional P.R.L, de 22 anos, sendo encontrado no  alvo, drogas (maconha e cocaína) e um pequeno laboratório onde era misturada, secada, pesada e embalada para comercialização, além de material para embalagem, balança de precisão e cultivo em um jarro com a planta da espécie  cannabis sativa (maconha) além de dois veículos foram sequestrados, um Renault Fluence e um Wolksvagem Golf.


 Foram cumpridas ordens de sequestro de dois veículos, além de documentos para prosseguimento da investigação.

Ao todo foram cumpridos seis (6) mandados de busca e apreensão, um (1) mandado de prisão preventiva e dois (2) mandados de sequestro.
 
O nome da operação “Asfixia” tem como significado a dificuldade ou impossibilidade de respirar, que pode levar à anóxia; pode ser causada por estrangulamento, afogamento, inalação de gases tóxicos, obstruções mecânicas ou infecciosas das vias aéreas superiores etc.  Dessa forma, a Policia Civil trabalha como objetivo de coibir as ações criminosas como forma de asfixiar o crime organizado.
 
O delegado Felipe Martins, titular da DRACO, agradeceu o empenho de todos e afirmou que a investigação continua e outras fases da operação “ASFIXIA” serão deflagradas em breve.

Com informações da Ascom/Policia Civil do Acre

Compartilhe:

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on telegram
Redação Juruá Online

Redação Juruá Online

Notícias Relacionadas