17 de maio de 2022   |   18:56  |  

booked.net

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on telegram

Pitbull da família ataca adolescente e a deixa internada em estado grave

Vítima, de 16 anos, está internada em estado grave após ser mordida por pitbull da família no pescoço e no rosto. Cão só largou adolescente ao ser baleado por policiais

_________________Publicidade_________________

Está internada em estado grave no Hospital Municipal de Governador Valadares, no Vale do Rio Doce, uma adolescente de 16 anos atacada por um pitbull. De acordo com o Corpo de Bombeiros, o cão era da família e já tinha histórico de ataques a outras pessoas. A vítima só conseguiu ser resgatada após policiais militares atirarem e matarem o animal.

Ataque


Populares informaram que ouviram gritos da adolescente e, ao tentarem entrar no imóvel, viram o cão sobre a vítima. A jovem, que estava sozinha em casa no momento do ataque, estava caída na sala da casa e o cão mordia o pescoço e o rosto dela. Quando os policiais chegaram ao local encontraram o portão do imóvel trancado. Na tentativa de fazer com que o animal soltasse a adolescente, um dos policiais disparou contra o teto da casa, mas o animal continuou atacando a vítima.

Tiros para cão soltar vítima

Após invadirem o imóvel, os militares atiraram pelo menos quatro vezes no cachorro que após ficar ferido soltou a adolescente e fugiu para os fundos do imóvel. A vítima, que teve ferimentos no rosto, boca, orelhas e olhos foi socorrida em estado grave por agentes do Corpo de Bombeiros. Ela está internada em estado grave no Hospital Municipal de Governador Valadares.

Depois da adolescente ser socorrida, os militares foram verificar como estava o pitbull. No momento em que eles se aproximaram do animal, o cão tentou atacar os policiais e foi mais uma vez alvejado e morreu.

Outra vítima


Vizinhos informaram aos policiais militares que o pitbull, que era de estimação da família, já tinha atacado uma idosa que mora no bairro Turmalina, onde fica a residência da adolescente. 

Por Correio Braziliense

Compartilhe:

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on telegram

LEIA MAIS