Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on telegram

PF prende irmão de senadora Rose de Freitas e faz buscas contra ela por suspeita de corrupção

_________________Publicidade_________________

BRASÍLIA – A Polícia Federal deflagrou nesta quarta-feira uma operação contra a senadora Rose de Freitas (MDB-ES) para investigar desvios na Companhia de Docas do Espírito Santo (Codesa). Foram cumpridos mandados de busca e apreensão em endereços ligados à senadora e a seus familiares, além da prisão temporária de seu irmão, Edward Freitas, que atuava na Codesa.

Não houve buscas no gabinete da parlamentar no Senado, mas foram cumpridos mandados em outros endereços ligados à senadora. A operação Corsários foi autorizada pelos ministros do Supremo Tribunal Federal (STF) Kássio Nunes Marques e Luís Roberto Barroso, após pedidos da PF.

A suspeita é de fraudes em licitações da Codesa e desvios de recursos públios, que teriam beneficiado a senadora. A PF cumpriu dois mandados de prisão temporária e dez de busca e apreensão nos municípios de Vitória, Cariacica e Serra, no Espírito Santo, e também em Brasília. Também foi preso em flagrante um dos alvos investigados, pelo crime de porte ilegal de armas.

Procurada, a assessoria de Rose de Freitas ainda não se manifestou sobre o caso.

Fabio Wajngarten, que exibe documento de campanha da Secom de quando era chefe da pasta, disse que carta da Pfizer com oferta de vacinas ao governo ficou dois meses sem resposta e acusou o Ministério da Saúde na gestão Pazuello de "incompetência"e "ineficiência" Foto: PABLO JACOB / Agência O Globo
Fabio Wajngarten, que exibe documento de campanha da Secom de quando era chefe da pasta, disse que carta da Pfizer com oferta de vacinas ao governo ficou dois meses sem resposta e acusou o Ministério da Saúde na gestão Pazuello de “incompetência”e “ineficiência” Foto: PABLO JACOB / Agência O Globo

Via-O Globo

Compartilhe:

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on telegram
Redação Juruá Online

Redação Juruá Online

Notícias Relacionadas