Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on telegram

PF do Acre investiga suspeita de manipulação de resultados do Plácido de Castro no Campeonato Acreano

_________________Publicidade_________________

O time de Plácido de Castro levou 15 gols nos últimos dois jogos pelo Campeonato Acreano. Perdeu de 7 a 0 para o Humaitá e na noite de ontem foi goleado por 8 a 0 pela equipe do Atlético Acreano.

Não demorou para que a possível venda de resultado começasse a ser mencionada. Ocorre que a história foi além de um boato. O presidente do clube, Renato Garcia, foi convidado a prestar esclarecimentos na tarde desta quinta-feira, 12, na sede da Polícia Federal sobre a parceria com um investidor que está responsável pelo clube.

Renato falou com a reportagem do ac24horas. A primeira coisa que disse que foi que ainda na tarde desta quinta-feira promove o destrato da parceria com o empresário Max Ferreira. “Estou vindo de Plácido e na tarde de hoje vou me reunir com o investidor e devido tudo que está acontecendo vou rescindir o contrato. A parceria solicitou porteira fechada, já que na minha opinião houve quebra de contrato por parte do investidor, atletas e comissão técnica. Ontem o que vimos em campo, nem o meu sub-13 faz uma partida daquelas. Hoje estou fazendo o distrato”, diz Renato.

O presidente do clube falou sobre a possível investigação. “Quanto a manipulação de resultados é um ponto que venho batendo desde o ano passado. Se você olhar as minhas entrevistas passadas, eu sempre falei sobre a preocupação com o excesso de banca de jogo, a interferência de investidores de fora, a perda da gestão dos clubes do Acre por quem vem de fora. Em relação a investigação, Plácido está de portas abertas, transparência total, já que não participamos de nada e nem permitimos. Eu acho que tem ser feita uma investigação em todo o futebol acreano. A Federação vem se esforçando para fazer uma festa bonita e não pode ser permitido esse tipo de coisa”, diz o presidente do clube.

A reportagem teve acesso a declaração do treinador Ed Soares, que se mostra bastante chateado com as acusações de possível manipulação. Ele fala da realidade que o clube tem vivido. “É impossível uma conversa dessas real, até pelo fato do que está acontecendo com a gente. Nós não temos jogador para entrar em campo, estamos nos humilhando ao sub-17. Não tem jogador para treinar e ainda vem um absurdo. Isso é uma falta de respeito com a gente que tá todos os dias no sol quente. A gente só tá colhendo o que plantaram com a gente de falta de estrutura e ainda vamos ter que responder uma bucha dessas? A comissão técnica e os jogadores estão à disposição de quem quer seja para esclarecimentos. Já basta a humilhação que estamos passando aqui”, disse Ed.

O ac24horas também conversou com o investidor do clube, Max Ferreira. Ele garantiu não saber nada sobre manipulação de resultados. “Eu não sei de nada, não jogo. Eu sou apenas o investidor do clube, moro em Rio Branco. Não tenho conhecimento”, disse.

Via-Ac 24 horas

Compartilhe:

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on telegram
Redação Juruá Online

Redação Juruá Online

Notícias Relacionadas