Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on telegram

Petecão diz que na hora certa dirá se vai apoiar Gladson em 2022 ou seguir outro caminho

O senador Sérgio Petecão (PSD) usou o seu perfil no Facebook, nesta terça-feira (23), para falar a respeito dos esforços que vem fazendo para o combate à pandemia no Acre, na função de coordenador da bancada federal do Estado. Em nota, o político também falou que o momento não é oportuno para tratar das eleições de 2022.

“Estamos passando pela maior crise sanitária dos tempos modernos. O Acre, o Brasil e o Mundo lutam contra um vírus que levou a vida de muitas pessoas. Essa pandemia assola os acreanos. Estamos em tempo de calamidade pública, nosso sistema de saúde entrando em colapso todos os dias temos, pais, mães e filhos chorando por um ente querido. Não é hora de falar de candidatura para o pleito de 2022. Isso seria irresponsável”, defendeu.

“No momento, o meu foco, na condição de representante do Acre no Congresso Nacional é de continuar ajudando o Governador do Acre, que eu e os integrantes do PSD do Acre ajudamos a chegar ao Palácio Rio Branco. Eu apoio as mudanças que o Acre precisa, atendo todos os prefeitos de todos os 22 Municípios, independente de siglas partidárias”, continuou.

Na ocasião, Petecão argumentou que tem pressionado o governo federal para enviar mais recursos e vacinas ao Acre.

“Na função de coordenador da Bancada acreana, com o apoio dos demais colegas parlamentares, estamos pressionando o Presidente da República e o Ministério da Saúde, por mais recurso para o Acre, principalmente, para que o Acre se torne um Projeto Modelo, na vacinação em massa, para que todos os acreanos sejam vacinados o mais rápido possível”, salientou.

No cenário em que são constantes as especulações sobre uma possível candidatura ao governo, em 2022, Petecão disse que no momento certo sentará com sua equipe para tomar uma decisão.

“Em relação às eleições de 2022, no momento oportuno irei me reunir com o meu grupo político e alguns amigos que consulto sobre as minhas decisões políticas e decidiremos como o PSD acreano vai se comportar. Se vamos apoiar a reeleição do Governador Gladson Cameli ou se vamos trilhar outro caminho”, explicou.

“Sem recuar, sem cair e sem temer, estarei sempre trabalhando e buscando o desenvolvimento do nosso Acre.
Portanto, este não é o momento de discutir possíveis candidaturas. O nosso foco tem que ser em ações para salvar vidas”, finalizou.

Via-Contilnet

Compartilhe:

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on telegram
Redação Juruá Online

Redação Juruá Online

Notícias Relacionadas