11 de agosto de 2022   |   21:54  |  

booked.net

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on telegram

PEC que indeniza servidores demitidos sem justa do Detran e Saneacre é aprovada na Aleac

Indenização extraordinária será paga para servidores contratados provisoriamente na administração pública. PEC foi aprovada na Comissão Especial e no plenário.

_________________Publicidade_________________

Os deputados estaduais aprovaram, durante sessão na Assembleia Legislativa do Acre (Aleac) nesta quarta-feira (29), uma Proposta de Emenda Constitucional (PEC) que prevê indenização de servidores demitidos sem justa do Departamento Estadual de Trânsito (Detran-AC) e do Serviço de Água e Esgoto do Acre (Saneacre), antigo Departamento de Água e Saneamento (Depasa). 

A proposta foi aprovada na Comissão Especial e em duas votações no plenário. Agora, a PEC deve ser promulgada. 

A PEC estabelece o acréscimo do artigo 41 aos Atos das Disposições Constitucionais Transitórias da Constituição do Estado do Acre. O artigo propõe que servidores contratados temporariamente ‘farão jus a uma indenização extraordinária, correspondente a um salário mínimo, por cada ano de efetivo exercício, quando a rescisão dos respectivos contratos, desde que de forma involuntária e sem justa causa, que não tenham recebido indenização ordinária’. 

O texto foi apresentado pelo deputado Pedro Longo. O relato foi o deputado Roberto Duarte. 

O inciso 1º do artigo prevê que o pagamento da indenização será feito mediante contabilização de todo o tempo de serviço prestado pelo servidor, sem levar em consideração a quantidade de contratos provisórios acordados entre o trabalhador e a administração pública. 

O prazo máximo de pagamento da indenização extraordinária é de 60 dias.

Com informações G1

Compartilhe:

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on telegram

LEIA MAIS