Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on telegram

Pazuello desmente senadores e nega que tenha passado mal

_________________Publicidade_________________

Após a suspensão da sessão em que era ouvido na CPI da Pandemia nesta quarta-feira (19), o ex-ministro da Saúde Eduardo Pazuello afirmou que não passou mal. “Não houve nada disso”, afirma Pazuello.

Segundo o Senado Federal, Pazuello passou mal e foi atendido por Otto Alencar. O ex-ministro, no entanto, nega a versão dos senadores

A indisposição do ex-ministro foi informada pelo senador Otto Alencar (PSD-BA), que é médico e relatou tê-lo auxiliado. O parlamentar afirmou que Pazuello passou por um quadro de síndrome vagovagal e que estava pálido.

“Ele teve uma síndrome vagovagal, que acontece com as pessoas que estão muito emocionadas às vezes ou fiquem muito em pé, por emoção. É uma perda sanguínea do toráx e do cérebro. Isso recua muito para os membros inferiores. Quando cheguei na sala do cafezinho, ele estava muito pálido. Eu vi, procurei colocar ele na posição correta”, relatou Otto Alencar.

“Eu deitei ele, elevando os membros inferiores. Ele ficou corado, normal. Ele passou muito tempo depondo, ficou muito tempo em pé, está emocionado, essa síndrome acontece muito”, afirmou. O Senado, pela rede social oficial da Casa, também afirmou que o mal-estar ocorreu e o ex-ministro foi atendido.

Pazuello passou mal, confirma Senado
Publicação oficial do Senado Federal confirma “mal-estar” do ex-ministro Eduardo Pazuello

Aos jornalistas, o ex-ministro Eduardo Pazuello afirmou que “não aconteceu nada” e que a sessão foi suspensa apenas em razão do adiantado da hora. O general volta a ser ouvido nesta quinta-feira (20), a partir das 9h30.

O ex-ministro da Saúde Eduardo Pazuello deixa o Senado após prestar depoimento
O ex-ministro da Saúde Eduardo Pazuello deixa o Senado após prestar depoimento

O senador Marcos Rogério (DEM-RO), que acompanhava o ex-ministro, também negou que ele tenha passado mal. O atendimento feito por Otto Alencar foi registrado na conta oficial do Senado Federal no Twitter.

CNN

Compartilhe:

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on telegram
Redação Juruá Online

Redação Juruá Online

Notícias Relacionadas