17 de maio de 2022   |   18:54  |  

booked.net

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on telegram

Parceria entre Estado e Prefeitura de Cruzeiro do Sul vai ampliar rede de apoio à pessoa com transtornos mentais

A iniciativa servirá como arma poderosa para conter o vertiginoso crescimento da população de rua dos sete municípios da regional.

_________________Publicidade_________________

O encontro realizado na quarta-feira (6), entre o governo do Estado, por meio da Secretaria de Saúde (Sesacre), e o vice-prefeito de Cruzeiro do Sul, Henrique Afonso, alinhou medidas para que se torne real o sonho da implantação do Centro de Atenção Psicossocial (CAPS III) no município. O espaço será destinado ao acolhimento de pessoas em situação de vulnerabilidade social, que residem nas ruas, vielas e avenidas da segunda maior cidade do Acre.

Acompanhada da coordenadora regional da Sesacre e de outros membros da pasta, a secretária-adjunta, Adriana Lobão, ratificou o apoio do Estado à criação de mais uma rede de assistência no Vale do Juruá.

“Foi um encontro gratificante, em que se tramitou o processo de construção do CAPS III. Também será feita uma reunião intersetorial, com a presença das pastas do Estado e Município, responsáveis pelo desenvolvimento de ações sociais, para a criação de uma linha de cuidado voltada ao tratamento dos moradores de rua”, informou.

Henrique Afonso define como estratégico o momento em que as discussões se centralizaram nos problemas de saúde existentes na região, especificamente os de transtornos mentais, que se intensificaram com a pandemia. “Ficamos muito felizes com a informação de que a iniciativa está bem encaminhada”, declarou.

Vice-prefeito afirma que o governo do Estado tem sido um grande parceiro para Cruzeiro do Sul. Foto: Marcos Santos/Secom

Na visão do gestor, desafios como os da Saúde exigem a criação de alianças que ajudem a sociedade a melhor enfrentar e solucionar os seus problemas. “Não dá para fazer as coisas sozinho. O governo estadual tem sido um grande parceiro”, avaliou.

A iniciativa servirá como arma poderosa para conter o vertiginoso crescimento da população de rua dos sete municípios da regional.

Com informações da Agência de Notícias do AC.

Compartilhe:

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on telegram

LEIA MAIS