Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on telegram

Para evitar colapso, MS enviará ao Acre e Rondônia mais de 5 mil metros cúbicos de oxigênio por dia

Após questionamentos do Ministério Público Federal (MPF), alertando para uma possível falta de oxigênio nos Estados do Acre e Rondônia, o Ministério da Saúde informou que a partir desta segunda-feira, 22, será mudado o fluxo de abastecimento de oxigênio medicinal para os estados.

Segundo a pasta, serão enviados 5400 m³ do produto por dia, inclusive, aos finais de semana. Anteriormente, o MS havia previsto o envio de oxigênio apenas três vezes por semana.

A decisão ocorre para evitar um novo caso de Manaus (AM) em outros Estados. No início de janeiro, Manaus virou o centro da atenção de todo o país devido ao drama vivido pelos amazonenses. Imagens e vídeos de populares carregando cilindros pelas unidades de saúde em Manaus chamaram atenção de todo o mundo.

O Ministério destacou que o oxigênio medicinal será transportado em isotanques embarcados em aeronaves KC-390, do Ministério da Defesa, a partir de Manaus (AM).

Caso haja necessidade, um meio de transporte adicional pode chegar a até 10 mil m³ por dia, baseado em tanques tipo Permacryl (modelo diferente de tanque criogênico, com menor volume, mas adaptável a outras aeronaves) em aeronaves C-130, também do Ministério da Defesa, partindo de fábricas e aeroportos localizados em diversos pontos do país.

via: Ac 24 Horas

Compartilhe:

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on telegram
Redação Juruá Online

Redação Juruá Online

Notícias Relacionadas