Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on telegram

Para atrair visitantes, mirante de 6 metros com vista para a copa das árvores é reconstruído na Serra do Divisor

Antiga estrutura foi derrubada por não oferecer mais segurança para os visitantes. Secretária de Turismo diz que do mirante é possível ver o Rio Môa, as copas das árvores, pássaros e a Serra do Divisor.

_________________Publicidade_________________

Turistas e visitantes que vão ao Parque Nacional do Divisor, unidade de conservação de proteção integral, considerado um dos locais de maior biodiversidade do planeta, no Vale do Juruá, interior do Acre, vão poder aproveitar melhor a vista do local. É que está sendo construído um novo mirante no parque.

A antiga estrutura, que tinha aproximadamente 4 metros, foi derrubada porque não oferecia mais segurança para os visitantes. Uma nova estrutura de 6 metros de altura está sendo erguida no local.

O parque representa para o Acre uma ocupação de aproximadamente 5% do estado. Segundo estudiosos, a Serra do Divisor é o 4º maior Parque Nacional do Brasil. O local tem mais de 843 mil hectares e ocupa cinco municípios acreanos, entre eles, Mâncio Lima (31,8%), Marechal Thaumaturgo (4,8%), Cruzeiro do Sul (23,1%), Rodrigues Alves (13,3%), Porto Walter (27%).

No local se concentra uma formação montanhosa que é única no Acre, além de grande riqueza de espécies vegetais e animais. E é essa riqueza ambiental que poderá ser melhor apreciada com a subida no mirante.

A estrutura começou a ser levantada há cerca de duas semanas em parceria com Departamento de Estradas, Hidroviária e Aeroportuária do Acre (Deracre), Secretaria de Empreendedorismo e Turismo do Estado, o Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio) e a comunidade.

A previsão é de que o mirante fique pronto até o final da semana. A secretária de Empreendedorismo e Turismo do Acre, Eliane Sinhasique, falou que foram utilizadas madeiras locais para erguer a estrutura.

“O que existia estava apodrecido e não tinha a menor segurança de subir, era muito antigo. Derrubamos o velho, substituímos a madeira, porque é um mirante rústico, e estamos fazendo uma escada melhor com mais segurança para quem for subir. Ele é um pouco maior, ficou com 4 metros quadrados lá em cima”, destacou.

Vista

As visitas e passeios no parque já estão liberados. De cima, as pessoas podem ver o Rio Môa, as copas das árvores, os pássaros e toda a grandiosidade da biodiversidade.

“Esse é o ponto mais alto que nós temos no estado. Chegando nesse ponto, ainda temos o mirante. Todo mundo que vai na serra faz essa subida. Dependendo do dia do ano, você fica no meio das nuvens. É bom para tirar fotos e aproveitar toda a paisagem”, contou.

Parque tem passeios por cachoeiras e subida no ponto mais alto do Acre — Foto: Marcos Vicentti/Secom/Arquivo

Parque tem passeios por cachoeiras e subida no ponto mais alto do Acre — Foto: Marcos Vicentti/Secom/Arquivo

A secretária explicou que a comunidade disponibiliza guias turísticos que orientam e fazem o passeio com os visitantes dentro da serra. O parque tem cachoeiras, trilhas e a subida no ponto mais alto da serra pelo mirante entre as atividades.

“Lá tem gente qualificada na própria comunidade que explora o turismo e são capacitados para fazer essas visitas. Pegamos madeira do próprio local, compramos gasolina, óleo, motosserras, o ICMBio vai entrar com a tinta e a mão de obra é da comunidade. Fizemos um combinado de várias mãos para fazer”, concluiu.

Por Aline Nascimento, do G1

Compartilhe:

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on telegram
Redação Juruá Online

Redação Juruá Online

Notícias Relacionadas