Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on telegram

Pandemia: Sesacre prevê cenário mais otimista para a segunda quinzena de abril

_________________Publicidade_________________

Até o momento, mais de 73 mil casos e mais de 1.300 mortes foram registrados em todo o Estado.

Embora alguns especialistas defendam que abril será um dos piores meses desde o início da pandemia em todo o Brasil, o secretário de Saúde Alysson Bestene vê um cenário otimista para os próximos dias no Acre.

Em entrevista, o titular da pasta defendeu que a situação enfrentada ainda é crítica no Sistema Único de Saúde (SUS), com superlotação de leitos da Unidade de Terapia Intensiva (UTI) e, consequentemente, transferência de pacientes para outros Estados, mas que a previsão para a segunda quinzena de abril é otimista.

“Nós temos um cenário ainda preocupante, que requer os mesmos cuidados que estamos tomando desde o início da pandemia, principalmente no que se refere ao isolamento social, higienização das mãos, etc.”, disse.

“Ainda assim, a expectativa, a partir da análise de dados epidemiológicos, é que a pandemia comece a perder força na segunda quinzena de abril, com base no registro que temos de diminuição de casos notificados e mortes pela doença”, acrescentou.

De acordo com o consórcio nacional de veículos de imprensa, o Acre está em estabilidade com relação ao número de novos óbitos por covid-19. Até o momento, 73.425 casos e 1.343 mortes foram registrados em todo o Estado.

ContilNet

Compartilhe:

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on telegram
Redação Juruá Online

Redação Juruá Online

Notícias Relacionadas