1 de julho de 2022   |   23:54  |  

booked.net

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on telegram

Padre Júlio Lancellotti chora ao atender morador de rua com hipotermia: ‘se aqui dentro está ruim, imagina lá fora’

O religioso também afirmou que as pessoas devem "sair da insensibilidade pro aquecimento da caridade".

_________________Publicidade_________________

O padre Julio Lancellotti, coordenador da Pastoral do Povo de Rua, em São Paulo, ficou emocionado nesta quarta-feira (18) ao tentar aquecer um morador em situação de rua, em consequência do frio na capital paulista. “Cansa de falar, cansa… porque se aqui tá assim, você imagina por aí, por aí tudo como é que tá?”, disse o religioso. Entre 6h e 7h da manhã desta quarta (18), a cidade registrou a madrugada mais fria do ano, com 6,6 graus centígrados marcados na estação do Mirante de Santana, do Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet).

O padre afirmou que as pessoas devem “sair da insensibilidade pro aquecimento da caridade, sair da hostilidade pra hospitalidade”. Os relatos dele foram divulgados em reportagem publicada pelo portal G1. 

André Luis apresentava sinais de hipotermia (temperatura abaixo dos 35 graus). O morador de rua foi atendido pelo Núcleo de Convivência São Martinho, abrigo na Zona Leste da capital paulista, conveniado com a prefeitura e administrado pelo Centro Social Nossa Senhora do Bom Parto.

De acordo com o religioso, “muitas vezes o poder público fica parado no lugar esperando que as pessoas venham”. “O movimento tem que ser contrário. A gente tem que ir ao encontro onde eles estão. A verdadeira caridade não é burocrática nem institucional, ela é diligente, ela vai ao encontro de quem precisa”, disse.

Compartilhe:

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on telegram

LEIA MAIS