18 de maio de 2022   |   18:19  |  

booked.net

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on telegram

Oscar se posiciona contra a violência após tapa de Will Smith em Chris Rock

Academia organizadora do prêmio publicou nota no Twitter e artistas se posicionaram com piadas e críticas

_________________Publicidade_________________

A Academia de Artes e Ciências Cinematográficas de Hollywood, que organiza o Oscar, se pronunciou no fim deste domingo sobre o caso de agressão de Will Smith contra Chris Rock, comediante que fez uma piada com a atriz Jada Pinkett Smith, com quem o ator é casado.

A Academia se posicionou contra atos de violência com uma publicação no Twitter oficial da organização aproximadamente uma hora após o fim da premiação.

“A Academia não tolera violência de qualquer forma. Hoje à noite, tivemos o prazer de celebrar os vencedores do 94º Oscar, que merecem este momento de reconhecimento de seus colegas e amantes do cinema em todo o mundo”, escreveram os organizadores.

Will Smith ainda se desculpou quando subiu ao palco para receber a estatueta de melhor ator por seu trabalho no filme “King Richards: Criando Campeãs”. “Nesse ramo, você tem que aguentar pessoal falando besteiras sobre sua família e não responder”, afirmou o ator, chorando, após ter dito que era um “forte defensor de sua família”.

“Não estou chorando por ganhar um prêmio, para mim não se trata disso. Trata-se de poder iluminar as pessoas todas”, disse Smith, ainda no discurso com troféu na mão, mas sem se referir diretamente ao tapa que deu na cara de Rock.

Além do pronunciamento oficial da Academia, o episódio desencadeou uma onda de reações de celebridades e personalidades de Hollywood, que se posicionaram por meio das redes sociais, fazendo desde piadas até críticas à truculência do ator.

Katy Griffin, atriz e comediante americana, publicou nesta segunda uma crítica a Smith. “Deixe eu lhe dizer uma coisa, é uma atitude muito ruim subir ao palco e agredir fisicamente um comediante. Agora temos que nos preocupar sobre quem quer ser o próximo Will Smith nos teatros e shows de humor.”

O ator Colman Domingo, em entrevista à revista americana Variety na festa após a cerimônia, disse que entendia o lado passional de Smith: Ele é de West Philly [zona oeste da cidade da Filadélfia], assim como eu. Nós somos pessoas muito passionais”.

A jornalista Maria Shriver, que é ex-mulher de Arnold Schwarzenegger, afirmou no Twitter: “Will Smith disse que gostaria de ser um vaso de amor. O amor não é violento. O amor não é o que ele fez num palco global nesta noite. Não devíamos nunca chegar a um momento em que assistimos a uma estrela do cinema bater em alguém na televisão e, pouco depois, ser ovacionada enquanto fala sobre amor”.

O comediante Michael Ian Black comentou o episódio em tom irônico. “Muito desapontado que Will Smith atuou como Muhammad Ali, mas nem sequer conseguiu nocautear o Chris Rock”, ele publicou em sua conta no Twitter.

Por UOL

Compartilhe:

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on telegram

LEIA MAIS