Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on telegram

Nunes determina exoneração de assessor que foi detido dirigindo embriagado

_________________Publicidade_________________

O prefeito de São Paulo Ricardo Nunes (MDB) determinou a exoneração do assessor Bruno Araújo de Almeida, detido pela polícia na madrugada desta sexta-feira (03) após ser flagrado dirigindo embriagado.

Segundo a Secretaria de Segurança Pública, Bruno Almeida negou-se a realizar o teste do bafômetro ao ser flagrado dirigindo visivelmente embriagado na Avenida Henrique Chamma, Zona Oeste da capital.

Ele foi encaminhado para a delegacia a fim de realizar exames clínicos, os quais atestaram a ingestão de bebida alcóolica.

O caso foi registrado como embriaguez ao volante e será investigado pelo 15º DP, responsável pela área. A SSP afirmou que ele foi liberado por volta de 6h55 da manhã.

Segundo o Diário Oficial de São Paulo, Bruno foi empossado enquanto assessor vinculado à Empresa de Tecnologia da Informação e Comunicação do Município de São Paulo (Prodam), mas ele identifica-se como “assessor especial” do prefeito da capital paulista nas redes sociais.

Em nota enviada à CNN, a Prefeitura de São Paulo comunicou a determinação de Nunes para a “imediata exoneração” do assessor, e acrescenta que o comportamento observado foi “absolutamente inadequado, incompatível com a conduta exigida dos quadros públicos”.

Via – CNN

Compartilhe:

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on telegram
Redação Juruá Online

Redação Juruá Online

Notícias Relacionadas