Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on telegram

‘Nunca vi uma coisa desse jeito’, diz vizinho de pai suspeito de matar filha de 13 anos e colocar fogo em casa com mais 5 crianças em Criciúma

Prisão do homem ocorreu no sábado. Segundo a polícia, ele poderá responder por quatro crimes.

_________________Publicidade_________________

A Polícia Civil investiga a morte de uma jovem de 13 anos em Criciúma, no Sul catarinense. O pai dela foi preso no sábado (14). Ele é suspeito de esfaquear a garota e colocar fogo na casa onde ela e os cinco irmãos estavam. Segundo a polícia, o homem deve responder por incêndio criminoso, feminicídio contra a filha, tentativa de homicídio qualificado e tentativa de feminicídio contra os outros filhos.

O carpinteiro Célio de Oliveira estava dormindo quando foi avisado que a casa ao lado estava pegando fogo na sexta-feira (13).

“Estamos todos abalados, porque foi um sufoco. Nunca vi uma coisa deste jeito. [Na hora] Só escutei quando meu cunhado gritou e me disse que o rapaz tinha botado fogo na casa”, disse o vizinho da família, Célio de Oliveira.

Polícia prende homem que colocou fogo em casa com os filhos dentro em Criciúma.

De acordo com o delegado Fernando Pagani, as crianças eram cuidadas pela avó materna, que morava no mesmo terreno onde elas viviam com o pai. A mãe não morava na residência.

“Temos a informação que ela [ a mãe das crianças] estaria vivendo em Laguna. E que havia saído ou fugido daquela casa, talvez por medo das situações que estava acontecendo nos últimos dias”, disse o delegado.

O Instituto Geral de Perícias (IGP) investiga se a morte da jovem foi causada pelos ferimentos da faca ou pelo fogo. O homem foi preso no sábado (14) e segundo a Polícia Militar ele estava alterado pela utilização de drogas.

Pai é suspeito de matar filha adolescente  — Foto: NSC TV/Reprodução

Pai é suspeito de matar filha adolescente — Foto: NSC TV/Reprodução

Caso

O crime ocorreu na noite de sexta-feira (13), no bairro Imperatriz. O suspeito invadiu a casa, esfaqueou a adolescente e um outro filho de 7 anos.

Depois disso, ateou fogo no local e fugiu. As outras quatro crianças que estavam na casa não ficaram feridas.

Segundo a polícia, o homem tinha passagens policiais por furto, lesão corporal, posse de drogas e tentativa de homicídio. A prisão do suspeito ocorreu por volta das 7h deste sábado.

O menino, que ficou ferido após ser atingido na região do joelho, foi socorrido e passa bem. O Corpo de Bombeiros fez o combate do incêndio usando 14 mil litros de água.

Escombros do local do crime  — Foto: NSC TV/Reprodução

Escombros do local do crime — Foto: NSC TV/Reprodução

Por G1

Compartilhe:

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on telegram
Redação Juruá Online

Redação Juruá Online

Notícias Relacionadas