1 de julho de 2022   |   08:49  |  

booked.net

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on telegram

Novo caso de Ebola é confirmado no Congo após 4 meses, diz laboratório

Caso foi detectado na cidade de Mbandaka, capital da província de Equateur do Congo, de acordo com o Instituto Nacional de Pesquisas Biomédicas

_________________Publicidade_________________

Um novo caso de Ebola foi confirmado no Noroeste da República Democrática do Congo, de acordo com informações do Instituto Nacional de Pesquisas Biomédicas divulgadas neste sábado (23), quatro meses após o fim do último surto no país.

O caso foi detectado na cidade de Mbandaka, capital da província de Equateur do Congo, informou o instituto. Um porta-voz do Ministério da Saúde do país confirmou a descoberta. A vítima é um homem de 31 anos.

O paciente começou a apresentar sintomas no dia 5 de abril, mas não procurou tratamento por mais de uma semana. Ele foi internado em um centro de tratamento de Ebola na quinta-feira (21), mas não resistiu e morreu no mesmo dia, de acordo com um comunicado da Organização Mundial da Saúde (OMS).

“O tempo não está do nosso lado”, disse Matshidiso Moeti, diretor regional da OMS para a África. “A doença teve um avanço de duas semanas e agora estamos tentando recuperar o atraso”, completou.

A cidade de Mbandaka, um centro comercial lotado às margens do rio Congo, enfrentou dois surtos anteriores – em 2018 e em 2020. É uma localidade onde as pessoas vivem nas proximidades, com ligações rodoviárias, marítimas e aéreas para a capital Kinshasa.

A OMS afirmou que os esforços para conter a doença já estão em andamento em Mbandaka, e que uma campanha de vacinação terá início nos próximos dias.

O Congo enfrentou 13 surtos anteriores de Ebola, incluindo um em 2018-2020 no Leste, que matou quase 2.300 pessoas, o segundo maior número registrado na história da febre hemorrágica.

O último surto, também no Leste, infectou 11 pessoas entre outubro e dezembro e matou seis delas.

Reportagem de Fiston Mahamba, com informações de Stanis Bujakera Tshiamala e Benoit Nyemba, redação de Nellie Peyton, edição por Cooper Inveen, Mark Heinrich e Christina Fincher.

Compartilhe:

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on telegram

LEIA MAIS