Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on telegram

Nove pessoas são indiciadas pelo roubo de duas caminhonetes da Secretaria de Saúde de Plácido de Castro

Polícia Civil conclui inquérito sobre roubo de caminhonetes da prefeitura de Plácido de Castro e indicia nove pessoas pelos crimes de roubo majorado, associação criminosa e corrupção de menores

_________________Publicidade_________________

A Polícia Civil do Acre por meio da Delegacia de Plácido de Castro concluiu inquérito investigativo e indiciou nove pessoas pelo envolvimento em roubos de caminhonetes no município. A investigação apontou que o grupo criminoso era composto por nove pessoas às quais subtraíram do pátio da Secretaria de Saúde do município, duas caminhonetes.

No dia 30 de dezembro de 2020, por volta das 00h, o a Secretaria de Saúde do município foi alvo de uma ação criminosa onde os bandidos foram ao pátio da repartição e subtraíram 02 (duas) caminhonetes Amarok, ambas de cor prata, sendo 01 (uma) de placas QLU 1196 e outra de placas QLU 0956.

Já na Bolívia, conforme combinado entre o grupo criminoso, D. B. da S., adentrou em um dos veículos roubados da prefeitura e o grupo seguiu pela carreteira boliviana. Em diligencias a policia recuperou as caminhonetes roubadas que acabaram por atolar na Bolívia e foram interceptadas e recuperadas pela Polícia Boliviana.

A investigação identificou R. L. S. Vulgo “Gordo”, sendo peça fundamental na empreitada criminosa, ele é o elo entre os criminosos brasileiros – que roubam os carros no Brasil – e os criminosos bolivianos. “Gordo” recebe os veículos roubados e intermedeia a sua chegada à cidade de Ribeira Alta, de onde os carros são distribuídos para toda a Bolívia.

Conforme apontado pelas investigações, os autores A. M.; T. G., W. S. e S., A. A. F., E. S. F., J. G. de O, D. B. da S., R. L. S. e Badé formam grupo criminoso sólido, estruturado e durável, compondo assim uma associação armada especializada no roubo de camionetes na fronteira.

Após apuratório dos fatos a autoridade policial, delegado Danilo Régis, concluiu as investigações, relatou o inquérito e encaminhou a justiça para trâmite judicial. Os autores foram indiciados por roubo majorado, associação criminosa e corrupção de menores.

Via-Notícias da Hora

Compartilhe:

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on telegram
Redação Juruá Online

Redação Juruá Online

Notícias Relacionadas