12 de agosto de 2022   |   00:07  |  

booked.net

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on telegram

No ranking dos estados mais pobres do Brasil, Acre é o segundo colocado aponta IBGE

Último levantamento anual do IBGE foi feito em 2019 e mostra quais são as unidades da Federação que têm o menor PIB, indicador que mede a riqueza

_________________Publicidade_________________

Redação Juruá Online.

O Produto Interno Bruto (PIB) é a soma de todos os bens e serviços finais produzidos por um país, estado ou cidade, geralmente em um ano. Todos os países calculam o seu PIB nas suas respectivas moedas. Em 2021, por exemplo, o Produto Interno Bruto do Brasil foi de R$ 8,7 trilhões.

O PIB é medido pegando as quantidades de todos os bens e serviços produzidos, multiplicando-os por seus preços e somando o total. O PIB pode ser medido ou pela soma do que é comprado na economia ou pelo que é produzido. A demanda pode ser dividida em consumo, investimento, governo, exportações e importações.

Veja abaixo os dez estados mais pobres do Brasil.

10º RIO GRANDE DO NORTE
O estado nordestino tem a décima menor economia do país, com PIB de R$ 71,3 bilhões.

9º PARAÍBA
A Paraíba tem o nono menor PIB do país, de R$ 68 bilhões.

8º ALAGOAS
Alagoas está na oitava posição dos menores PIBs do país, com R$ 59 bilhões.

7º PIAUÍ

A sétima menor economia do país tem PIB de R$ 52,8 bilhões e abriga o Parque Nacional da Serra da Capivara.

6º RONDÔNIA

O estado da região Norte está em sexto lugar como menor economia do país, com PIB de R$ 47,1 bilhões.

5º SERGIPE
Na quinta posição está Sergipe, com PIB de R$ 44,7 bilhões.

4º TOCANTINS
O mais novo membro da federação tem a quarta menor economia do país, com R$ 39,4 bilhões.

3º AMAPÁ
A terceira menor economia do Brasil, tem PIB de R$ 17,5 bilhões.

2º ACRE
O estado mais ocidental do país tem a segunda menor economia, com PIB de 15,6 bilhões.

1º RORAIMA
A menor economia do país está no região Norte. Roraima tem PIB de 14,3 bilhões.

Redação Juruá Online.

Compartilhe:

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on telegram

LEIA MAIS