Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on telegram

No Dia Mundial do Livro, veja 7 obras que podem ajudar você a organizar sua vida financeira

Data internacional é comemorada hoje, 23 de abril. É importante se planejar financeiramente em diversas fases da vida, e as livrarias têm clássicos na área com boas dicas

_________________Publicidade_________________

RIO — Durante a pandemia de Covid-19, além do luto de milhares de famílias pelos mais de 370 mil mortos, a situação financeira de muita gente se tornou uma grande dor de cabeça. Muitos brasileiros perderam renda, e o número de desempregados e de negócios quebrados  aumentou significativamente.

Nesse contexto, agora mais do que nunca, é importante ficar atento às finanças pessoais para não acabar caindo no vermelho. Uma forma de absorver conhecimentos para gerir as finanças pessoais é o bom e velho livro, cujo dia mundial se comemora nesta sexta-feira.

Não faltam títulos no mercado, e o segmento já tem os seus clássicos. Por isso, O GLOBO selecionou sete livros que são considerados essenciais para quem está interessado no assunto.

Tema importa em qualquer idade

Antes de ir à lista, confira uma observação do coordenador do MBA em Gestão Financeira da FGV, Ricardo Teixeira: entender como gerir o próprio dinheiro é importante em todas as fases da vida.

— Desde jovem você deve ter uma boa educação financeira para se planejar. À medida que a idade avança, isso se torna ainda mais importante, pois são assumidos compromissos com família, investimentos etc. Depois tem a aposentadoria, com a qual você deve se preocupar para garantir seu padrão de vida – dizTeixeira

Para o especialista, não é só uma questão de planejar o futuro, mas se preparar para passar por crises e tormentas como as atuais ou ainda estar pronto para uma oportunidade:

— É preciso se preparar para que, caso alguma coisa falhe, você não fique em uma situação desconfortável. Caso contrário você pode embarcar em uma furada ou então perder uma boa oportunidade.

Vamos à lista?

No dia em que os livros são celebrados mundialmente, veja abaixo uma lista com 7 obras que podem ajudar nessa tarefa de organizar e equilibrar a vida financeira:

‘Pai Rico, Pai Pobre’ – Robert Toru Kiyosaki

O livro é um clássico quando o assunto é finanças pessoais e mostra que tratar o dinheiro com inteligência pode ser a solução para muitos problemas.

Pai rico, pai pobre Foto: Reprodução
Pai rico, pai pobre Foto: Reprodução

O autor americano aborda algumas questões como por que a educação financeira é importante, o investimento em ativos geradores de renda e as vantagens de empreender.

‘O Investidor Inteligente’ – Benjamin Graham

Essa é uma indicação para quem pensa em investir no longo prazo. A obra traz ensinamentos sobre como desenvolver estratégias de longo prazo e se proteger de cometer erros nesse processo.

O Investidor Inteligênte Foto: Reprodução
O Investidor Inteligênte Foto: Reprodução

Ao longo do livro, o autor e economista apresenta recomendações sobre como se organizar para conseguir ganhar dinheiro na Bolsa de Valores, por exemplo. 

‘Como Organizar Sua Vida Financeira’ – Gustavo Cerbasi

O autor brasileiro traz dicas para quem precisa tomar decisões mais conscientes sobre suas economias. Propõe um diagnóstico sobre a situação financeira atual do leitor com base em algumas características dele e, a partir disso, indica possíveis formas de organizá-la.PUBLICIDADEhttps://8121db41055b472e21449f8546139078.safeframe.googlesyndication.com/safeframe/1-0-38/html/container.html

Como organizar sua vida financeira Foto: Reprodução
Como organizar sua vida financeira Foto: Reprodução

É possível encontrar dicas como a melhor maneira de administrar dívidas, como utilizar crédito de forma favorável, como declarar impostos e quando vale a pena fazer seguros.

‘Casais Inteligentes Enriquecem Juntos’ – Gustavo Cerbasi

Mais uma indicação de Cerbasi, um dos autores brasileiros mais lidos nessa área, só que, neste caso, o livro é direcionado aos casais.

Da obra é possível extrair dicas sobre como ter uma parceria efetiva na administração das finanças, quando é a hora de comprar uma casa e os benefícios de um planejamento de longo prazo.

Casais inteligêntes enriquecem juntos Foto: Reprodução
Casais inteligêntes enriquecem juntos Foto: Reprodução

Ideal para aqueles que querem se livrar das crises conjugais por problemas de dinheiro e cuidar melhor do orçamento da família.

‘Orçamento Sem Falhas’ – Nath Finanças

A criadora de conteúdo de Nova Iguaçu, no Rio de Janeiro, organizou essa obra para aqueles que não possuem muito dinheiro, mas desejam sair do vermelho e aprender a poupar. Afinal, ter as contas organizadas é ainda mais importante para quem não tem muito sobrando.

Orçamento sem falhas Foto: Reprodução
Orçamento sem falhas Foto: Reprodução

No livro, ela traz questões bem recorrentes que acabam pesando no bolso, como a relação com cartão de crédito e taxa de juros, listas de compras e a diferença entre o que é desejo e necessidade. O conteúdo é bastante acessível com ilustrações gráficas que facilitam o entendimento dos leitores.

‘Finanças Para Autônomos’ – Eduardo Amuri

Dicas práticas e de simples compreensão para quem trabalha por conta própria é o que o autor promete entregar com esse livro.

Finanças para autônomos Foto: Reprodução
Finanças para autônomos Foto: Reprodução

Questões como de que forma é possível separar a vida pessoal da profissional e como estabelecer preço para o produto ou serviço oferecido são discutidas. Além disso, também fala sobre preparação para aposentadoria e férias sem prejudicar o orçamento nesses casos.

  • ‘O Homem Mais Rico da Babilônia’ – George S. Clason

Essa obra, com teor mais lúdico, ajuda aqueles que querem multiplicar seus orçamentos pessoais e solucionar problemas com algumas dicas para poupar recursos, mesmo em tempos de fartura.

O homem mais rico da Babilônia Foto: Reprodução
O homem mais rico da Babilônia Foto: Reprodução

Além disso, o clássico da área das finanças também aborda questões sobre a importância de se assegurar sempre uma renda para o futuro e não atrasar o pagamento de dívidas. 

Via-O Globo

Compartilhe:

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on telegram
Redação Juruá Online

Redação Juruá Online

Notícias Relacionadas