Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on telegram

No AC, homem é morto com tiros na cabeça dois dias após sofrer ataque e denunciar à polícia

Polícia Civil chegou a instaurar inquérito após vítima sofrer agressão na madrugada de segunda-feira (18) e um menor foi apreendido. Rapaz voltou para casa e foi morto na madrugada desta quarta (20) com quatro tiros.

_________________Publicidade_________________

Um homem, identificado como Carlos Alexandre Ferreira de Oliveira, de 40 anos, foi achado morto e enterrado em uma cova rasa nesta quarta-feira (29) em Senador Guiomard, no interior do Acre. Ele foi assassinado com cerca de quatro tiros na cabeça.

O delegado da cidade, Carlos Bayma, contou ao g1 que na madrugada de segunda vizinhos ouviram uma gritaria enquanto a vítima levava pauladas e chamaram a Polícia Militar, que chegou a apreender um adolescente em flagrante.

A vítima foi ouvida na delegacia da cidade e um inquérito sobre as agressões chegou a ser instaurado pela Polícia Civil. Segundo o delegado, Oliveira foi orientado a não voltar para casa. No entanto, ele retornou para o local e acabou sendo morto a tiros.

Vítima foi achada morta e enterrada em uma cova rasa em Senador Guiomard — Foto: Arquivo/PC-AC

Vítima foi achada morta e enterrada em uma cova rasa em Senador Guiomard — Foto: Arquivo/PC-AC

Nesta quarta, a polícia recebeu a informação de que ele tinha sido assassinado e enterrado em uma cova rasa.

“Estamos com as investigações em andamento para tentar identificar e chegar até os autores desse crime. Pelas informações que recebemos, foram cerca de três pessoas que participaram da ação. A motivação seria porque a vítima era usuária de drogas e estava com dívidas”, disse o delegado.

Uma equipe do Corpo de Bombeiros foi acionada para fazer a remoção do corpo e, em seguida, o cadáver foi levado ao Instituto Médico Legal (IML) de Rio Branco para os devidos procedimentos.

Por G1

Compartilhe:

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on telegram
Redação Juruá Online

Redação Juruá Online

Notícias Relacionadas