Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on telegram

Nadador tunisiano surpreende e leva o ouro nos 400 metros livre aos 18 anos

_________________Publicidade_________________

Ahmed Hafnaoui competiu da raia 8 e deixou para trás os favoritos da prova

Com apenas 18 anos, Ahmed Hafnaoui protagonizou uma das grandes vitórias do primeiro dia de finais da natação nas Olimpíadas. No Centro Aquático de Tóquio, o tunisiano deixou para trás os principais favoritos para conquistar a medalha de ouro na disputa dos 400 metros livre com o tempo de 3min43s36. 

Hafnaoui chegou à final com o pior tempo entre os classificados. Mas, largando da raia 8 da piscina, ocupou a segunda posição durante o maior tempo da prova, assumindo a liderança nos 50 metros finais para assegurar a medalha de ouro. “Eu não acreditei. Pensei nos meus pais, nos treinadores. Estou muito feliz, é um sonho se tornando realidade”, disse, em entrevista ao SporTV. PUBLICIDADE

O tunisiano superou, assim, o australiano Jack McLoughlin, que perdeu a liderança no final e precisou se contentar com a segunda posição ao marcar 3min43s52. Já o norte-americano Kieran Smith levou o bronze com 3min43s94. Com a vitória, Hafnaoui se juntou a Oussama Mellouli como tunisianos campeões olímpicos na natação.

Felipe Lima fora

O brasileiro Felipe Lima não conseguiu se classificar à final dos 100 metros peito nas Olimpíadas de Tóquio. Aos 36 anos, ele havia avançado nas eliminatórias com o melhor tempo da sua vida – 59s17 -, mas ficou longe de repeti-lo nas semifinais, concluídas em 59s80. Assim, foi o sexto colocado da sua série e o 12º na classificação geral.

“Meu objetivo era chegar na final, lutar por medalha”, comentou. “Infelizmente, mudou bastante essa questão de ter as eliminatórias a noite e as semifinais de manhã. Mas mudou para todo mundo. Talvez meu corpo não tenha se adaptado muito bem”, completou. 

Outras medalhas

A equipe feminina da Austrália dominou a final do revezamento 4×100 metros e faturou a medalha de ouro, tendo estabelecido um novo recorde mundial em 3min29s69. A equipe, composta por  Bronte Campbell, Meg Harris, Emma McKeon e Cate Campbell, teve uma vantagem de 3s09 para o quarteto do Canadá, segundo colocado com uma frente de somente 0s03 para o time dos Estados Unidos. E ampliou o seu domínio desta prova – triunfou em 4 das 5 últimas edições dos Jogos Olímpicos. 

A responsável pela primeira medalha de ouro do Japão na natação nas Olimpíadas foi Yui Ohashi. A nadadora da casa triunfou nos 400 metros medley em 4min32s08. A norte-americana Emma Weyant levou a prata em 4min32s76, com a sua compatriota Hali Flickinger em terceiro, com 4min34s90. A húngara Katinka Hosszu, recordista mundial e campeã da prova nos Jogos do Rio, ficou apenas em quinto lugar.

Já o norte-americano Chase Kalisz triunfou na disputa masculina dos 400 metros medley ao cravar o tempo de 4min09s42. Assim, melhorou seu resultado em relação aos Jogos do Rio, quando havia conquistado a prata, mas com um tempo mais lento, sendo o pior de um campeão dessa prova desde as Olimpíadas de 2020. E liderou uma dobradinha dos Estados Unidos, com Jay Literland em segundo lugar. O australiano Brendon Smith levou o bronze ao marcar 4min10s38. 

Via – CNN

Compartilhe:

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on telegram
Redação Juruá Online

Redação Juruá Online

Notícias Relacionadas