7 de agosto de 2022   |   23:13  |  

booked.net

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on telegram

Mulher de 22 anos é presa por crime de homofobia contra delegado em Feijó

Polícia Civil em Feijó prendeu em flagrante uma mulher, de 22 anos de idade, pelo crime de homofobia, unido em injúria racial, praticado contra o delegado de Feijó, Railson Ferreira.

_________________Publicidade_________________

Foto: Ilustração

Na última quarta-feira, 29, a Polícia Civil em Feijó prendeu em flagrante uma mulher, de 22 anos de idade, pelo crime de homofobia, unido em injúria racial, praticado contra o delegado de Feijó, Railson Ferreira. 

O crime ocorreu nas dependências da delegacia de Polícia, logo após uma equipe da policial haver cumprido mandado de prisão contra o cunhado da mesma pelo crime de tráfico de drogas.

De acordo com os autos do inquérito policial, durante o cumprimento do mandado de prisão da mulher presa em flagrante, esta já praticou crimes contra os policiais civis, por meio de desacato, injúria e ameaça.

Em dado momento outra mulher, de 25 anos de idade, irmã da presa, passou a agredir fisicamente um agente da Polícia Civil, enquanto a mulher presa por homofobia passou a ofender o delegado, Railson, chamando-o de “gay”, entre outros adjetivos pejorativos, no momento em que foi dado voz de prisão para o seu cunhado.

Nesta quinta-feira, 30, a acusada foi levada ao Poder Judiciário para audiência de custódia e sua prisão foi mantida pela Juíza de Direito da comarca de Feijó. A mesma será encaminhada à penitenciária na data de amanhã.

Com informações Ascom

Compartilhe:

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on telegram

LEIA MAIS