Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on telegram

Morte de Marília Mendonça: filha de piloto de avião faz homenagem nas redes sociais: ‘Te amo para todo sempre. Descansa, pai’

_________________Publicidade_________________

O piloto e copiloto do avião que caiu com a cantora  Marília Mendonça eram moradores do Distrito Federal. Nesta sexta-feira (5), a filha mais velha do piloto Geraldo Medeiros Júnior, de 56 anos, usou uma rede social para homenagear o pai.

“Te amo para todo sempre. Descansa em paz, pai”, disse Vitória Medeiros, de 19 anos.

A filha do piloto também postou uma foto antiga em que aparece dentro de um avião, ao lado do pai. “Obrigada por ter vindo me visitar”, disse a menina, que dormiu na casa de Geraldo, na Asa Sul, na noite anterior ao acidente.

Marília Mendonça e mais quatro pessoas morreram na tarde desta sexta-feira (5) após a queda da aeronave de pequeno porte, perto de uma cachoeira na serra de Caratinga, interior de Minas Gerais. Além de Geraldo, entre as vítimas também está o copiloto Tarcíso Pessoa Viana, de 37 anos.

Vitória postou uma homenagem ao pai, o piloto Geraldo Medeiros, em sua rede social — Foto: Redes sociais /Reprodução

Vitória postou uma homenagem ao pai, o piloto Geraldo Medeiros, em sua rede social — Foto: Redes sociais /Reprodução

‘Melhor amigo’

Geraldo Medeiros era natural de Floriano,Sul do Piauí, mas morava em Brasília. Além de Vitória, ele deixou mais dois filhos: um menino de 4 anos e uma menina de 11 anos.

“Ele não era mais meu marido, mas era meu melhor amigo, a melhor pessoa do mundo, pai da minha filha. Ainda não acredito no que aconteceu. O piloto mais cuidadoso que conheci”, disse ao g1 a ex-esposa de Geraldo, Euda Dias.

Segundo Euda, o ex-marido era piloto há cerca de 20 anos.

O acidente

Marília Mendonça faz post entrando em avião

Marília Mendonça faz post entrando em avião

A aeronave que caiu era um bimotor Beech Aircraft, da PEC Táxi Aéreo, de Goiás, prefixo PT-ONJ, com capacidade para seis passageiros. Segundo a Anac, o avião está em situação regular e tem autorização para fazer táxi aéreo.

Ainda não há informações sobre o motivo da queda. A Aeronáutica vai apurar as causas do acidente. Investigadores foram enviados para o local.

A Polícia Civil de Minas Gerais disse que enviou equipes de perícia criminal, investigadores e delegados ao local.

Via-G1

Compartilhe:

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on telegram
Redação Juruá Online

Redação Juruá Online

Notícias Relacionadas