Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on telegram

Morre cineasta que implantou curso de audiovisual no Acre

_________________Publicidade_________________

O cineasta Maurice Capovilla, responsável pela implantação do primeiro curso de Audiovisual da Usina de Artes João Donato, em Rio Branco, faleceu nesse sábado (30). Capovilla foi pioneiro em implantar escola de cinema no estado.

Conhecido por uma metodologia de inspiração libertária, deixa grande legado às oficinas da Usina para a nossa cultura. “Além de trazer profissionais importantes pro Estado, que muito trocaram com os alunos daqui, formaram toda uma geração, que até hoje, vive do audiovisual”, escreveu o diretor de cinema e ex-gestor da Fundação Garibaldi Brasil, Sérgio de Carvalho.

Ele relata que no Acre, Maurice encontrou o espaço para semear. “Como somos gratos. Como Capô foi fundamental! Como Capô ensinou e, generosamente, inspirou que jovens acreanos quisessem ser diretores, fotógrafos, cineastas.
Muito obrigado, querido Mestre!”.

A III Edição do Festival Pachamama – Cinema de Fronteira homenageou o cineasta pela contribuição ao estado.
“Também, por toda sua atuação no cinema nacional, nas mais diversas áreas: como diretor, técnico de som, roteirista, ator”, diz Carvalho.

Via-Ac 24 horas

Compartilhe:

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on telegram
Redação Juruá Online

Redação Juruá Online

Notícias Relacionadas