14 de agosto de 2022   |   04:04  |  

booked.net

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on telegram

Morre aos 88 anos o diplomata Sérgio Paulo Rouanet, que deu nome à lei

Secretário de Cultura durante o governo Collor, ele foi o responsável pela criação da legislação de incentivos fiscais ao setor em 1991.

_________________Publicidade_________________

Morreu neste domingo (3) no Rio de Janeiro o diplomata, filósofo e imortal da Academia Brasileira de Letras (ABL), Sérgio Paulo Rouanet, aos 88 anos.

Ele foi o responsável pela criação da lei de incentivos fiscais à cultura, em 1991, quando exercia o cargo de secretário de Cultura durante o governo Collor. Por esse motivo, a legislação acabou sendo batizada com o seu nome e é conhecida hoje como Lei Rouanet.

O diplomata era ocupante da cadeira de número 13 da ABL, desde 1992. Ele sucedeu Francisco de Assis Barbosa. Sérgio, ainda, era antropólogo, professor universitário, tradutor e ensaísta.

Ele enfrentava a doença de Parkinson já há alguns anos.

Via Metrópoles

Compartilhe:

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on telegram

LEIA MAIS