Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on telegram

Morador que publicou venda de geladeira doada será alvo de investigação

_________________Publicidade_________________

A secretária municipal de planejamento, Neiva Tessenari, divulgou uma nota pública afirmando que após tomar conhecimento da postagem de venda, feita por um morador do Bairro da Paz, de uma das geladeiras doadas pela Energisa em parceria com a prefeitura da capital no valor de R$ 1.200, será alvo de uma investigação.

“A atitude de uma família beneficiada em expor o bem para a venda nas mídias sociais, será alvo de investigação e acompanhamento”, ressaltou.

Segundo a gestora, os 72 moradores contemplados, passaram por um rigoroso critério de seleção, portanto, não poderiam efetuar a venda dos equipamentos. *As famílias atingidas pela enchente que receberam as geladeiras, conforme os critérios de seleção, são responsáveis pelo bem adquirido mediante doação, podendo a qualquer momento serem visitadas para monitoramento”, declarou Tessenari.

Neiva destacou que o poder público deverá acionar a justiça para que seja efetuada a punição aos responsáveis por publicar a venda dos refrigeradores.

“Envidaremos todos os esforços junto à polícia e à justiça para punir tais comportamentos que denigrem a boa-fé que tivemos ao ajudá-los”, comentou.

Leia a nota na íntegra:

O grupo Energisa em parceria com a atual gestão da Prefeitura Municipal de Rio Branco, disponibilizou 72 geladeiras a serem entregues as famílias atingidas pela enchente do Rio Acre, conforme critérios de seleção.

Importante contextualizar que:

• A enxurrada dos igarapés atingiu a cidade de Rio Branco no início de fevereiro de 2021, logo, seria tecnicamente impossível que essa ação tivesse sido realizada anteriormente por outra gestão;

• O primeiro contato com a Energisa foi realizado pela Secretaria Municipal de Planejamento (SEPLAN), na data de 05/03/2021;

• Após, a Energisa doou 72 geladeiras em parceria com a atual gestão da Prefeitura Municipal de Rio Branco, conforme os seguintes critérios de seleção dos beneficiários: famílias atingidas pela enchente e em situação de vulnerabilidade social com nome completo, endereço, telefone, código familiar e unidade consumidora da Energisa;

• Estes beneficiários foram identificados pelo Centro de Referência da Assistência Social (CRAS);

• E após a relação das famílias, foram realizadas visitas in loco durante as últimas semanas de março de 2021;

• Além disso, as geladeiras das famílias atingidas pelas águas e que ainda estavam nas residências, foram substituídas e descartadas conforme a Política Nacional de Resíduos Sólidos.

Desta forma, as famílias atingidas pela enchente que receberam as geladeiras, conforme os critérios de seleção, são responsáveis pelo bem adquirido mediante doação, podendo a qualquer momento serem visitadas para monitoramento.

Neste sentido, a atitude de uma família beneficiada em expor o bem para a venda nas mídias sociais, será alvo de investigação e acompanhamento.

Em atenção as fakes news propagadas com o objetivo de ofender a gestão, são passíveis de pena com detenção e multa, de acordo Código Penal Brasileiro, no artigo 139, que trata da Difamação.

Portanto, a Prefeitura Municipal de Rio Branco repudia esse tipo de veiculação e também ficamos entristecidos e decepcionados por atitudes como esta, de pessoas beneficiadas pelo poder público.

Envidaremos todos os esforços junto à polícia e a justiça para punir tais comportamentos que denigrem a boa-fé que tivemos ao ajudá-los. São tantas outras pessoas que precisam e não podemos atender a todos. A sociedade precisa reagir a tais atos.

Nos colocamos à disposição para quaisquer esclarecimentos que se façam necessários.

Neiva Tessenari – Secretária Municipal de Planejamento

Via: Ac 24 Horas

Compartilhe:

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on telegram
Redação Juruá Online

Redação Juruá Online

Notícias Relacionadas