Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on telegram

Monitorado que tentou matar a própria filha em Sena já tinha sido preso por outra tentativa de homicídio

_________________Publicidade_________________

Ainda se encontra na Unidade de Segurança Pública de Sena Madureira o nacional Lucas Tavares da Silva que protagonizou uma ocorrência grave de sábado para domingo. Ele está sendo indiciado e nas próximas horas deverá regressar para o presídio Evaristo de Moraes.

De acordo com a Polícia Militar, o mesmo praticou agressão física contra sua esposa e tentou contra a vida de sua própria filha – uma criança de apenas um mês de vida que também ficou com vários machucados no corpo. A ocorrência se deu no beco da Feira Velha, em Sena, na madrugada de domingo.

Conforme o apurado, Lucas Tavares teria chegado em casa sob efeito de drogas e passou a investir contra sua companheira que, mesmo ferida, conseguiu fugir do local e foi parar no Hospital João Câncio Fernandes. Porém, a bebê ficou sob o domínio do infrator.

“Quando os PMs chegaram na casa, ele se apossou de duas facas e colocou no pescoço da criança. Em dado momento, jogou a criança no chão com força e a mesma chegou a desmaiar. Além disso, foi em direção á criança com as armas brancas e, nesse instante, os policiais fizeram a intervenção, evitando o pior. Cabe destacar que, ao ser recolhida do chão, a criança estava sem respirar e só retornou à caminho do Hospital”, confirmou o Tenente Fábio Diniz, comandante do 8º BPM.

Para imobilizar o infrator, os policiais tiveram que recorrer a tonfas e spark, considerados meios menos letais. “Os nossos policiais militares estão de parabéns porque conseguiram capturar o acusado e evitar algo de mais grave para a criança”, completou Diniz.

Após passar pelo Hospital João Câncio Fernandes, a bebê foi transferida para Rio Branco em face da gravidade dos ferimentos provocados pelo próprio pai.

Lucas Tavares tinha sido preso anteriormente por tentativa de homicídio, porém, após obedecer os requisitos legais estava fora das celas, utilizando a tornozeleira eletrônica. Por descumprir as regras do monitoramento, ele deverá voltar para o regime fechado, onde aguardará nova decisão judicial.

Via-Contilnet

Compartilhe:

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on telegram
Redação Juruá Online

Redação Juruá Online

Notícias Relacionadas