Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on telegram

Mirante do Cais: área considerada turística de Cruzeiro do Sul é tomada por sujeira e presença de usuários de droga

_________________Publicidade_________________

Mais uma vez comerciantes do Mirante do Cais em Cruzeiro do Sul reclamam da situação de abandono e mal uso do espaço que fica atrás dos comércios e que servem de esconderijo para usuários de drogas no centro da cidade.

De acordo com os próprios comerciantes, as tentativas de roubos e arrombamentos nas lojas são frequentes. Na parte de trás das lojas, tem sempre restos de materiais usados com drogas espalhados.

As marcas de sinais de arrombamento também são visíveis e os lojistas pedem providências por parte da prefeitura. “Nós comerciantes estamos a mercê dessa situação, de muitos drogados e de pessoas que utilizam essa área aqui de trás justamente para fazer o consumo de drogas, bebidas e colocando em risco a nossa segurança”, relatou um comerciante.

O Mirante do Cais, é considerado um cartão postal da cidade e dá visibilidade à Ponte da União e justamente por isso, que os comerciantes têm reclamado. Muitos deles já fecharam até a loja por medo da insegurança.

Em relação a limpeza do local, o secretário de meio ambiente que também é responsável pela limpeza pública informou por telefone que o serviço de limpeza é feito toda semana, mas quanto à outros investimentos no local, cabe a administração municipal resolver com os próprios empresários.

O Prefeito Zequinha lima foi procurado e afirmou que tem projetos para modificar essa região do centro da cidade. Ele afirma que já está trabalhando com servidores do município, um projeto para modificar toda aquela região do Cais e da praça da bandeira. “Posso garantir para vocês que queremos fazer daquela região, algo mais atraente para as pessoas. Transformar em um área de laser, mas estamos em processo de planejamento.”, disse.

Compartilhe:

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on telegram
Redação Juruá Online

Redação Juruá Online

Notícias Relacionadas