Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on telegram

Ministro entrega 36 micro-ônibus e diz que governo federal deverá repassar R$ 17 milhões

_________________Publicidade_________________

Foi realizado na manhã desta quarta-feira, 19, no Centro Universitário da Universidade Federal do Acre (UFAC), a apresentação do Parque Tecnológico, a inauguração do Serviço de Psicologia da UFAC (SERPSI) e a entrega de 36 micro-ônibus para a Educação na capital e no interior.

O ministro também garantiu, após os protestos feitos contra os cortes do orçamento público da Universidade Federal do Acre (UFAC), onde em 2021 teve um corte de mais de R$ 11,9 milhões (24%) em relação ao orçamento de 2020, que o governo deverá enviar mais recursos. “Vamos enviar R$ 17 milhões à Universidade de verba discricionária”, declarou Ribeiro.

Segundo dados, em 11 anos, o orçamento do MEC para as universidades federais caiu 37%. No Acre, em sete anos, a redução dos repasses, tanto para custeio como para investimentos, foi de 48,2%.

Em relação a entrega de veículos que atenderá vários municípios acreanos, ao todo, foram entregues 35 veículos, cujo investimento supera os R$13 milhões de reais. A senadora Mailza Gomes fez uso do dispositivo para tecer elogios ao governo federal comandado por Jair Bolsonaro. “É uma honra celebrar os mil anos do governo Bolsonaro”.

Mailza destaca que, desde que Bolsonaro assumiu a gestão, já foram enviados ao Acre mais de R$ 860 milhões através do Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica (Fundeb). “Os recursos serão fundamentais para a realização de pesquisas”, disse.

O ministro da educação do governo federal, Milton Ribeiro, iniciou seu pronunciamento agradecendo a hospitalidade recebida no Estado do Acre. “Estudei em escola pública. Por isso aceitei o desafio na educação brasileira, ele pediu que cuidasse das crianças e do ensino técnico. Não tenho pretensões políticas, mas respeito a todos, sei que é uma luta muito árdua. Esse estado ainda vai dá muita alegria ao país, tenha certeza disso”.

Ribeiro solicitou das autoridades locais o título de cidadão acreano na sua nova visita ao Estado. “Eu pedi um título de cidadão Acreano para voltar e realizar mais atividades, eu quero visitar mais municípios”, explicou.

O ministro lembrou que ao assumir o ministério haviam mais de 4 mil obras inacabadas pela gestão anterior, porém, vem solucionando o descaso. “Quero dizer que em 1 ano e 3 meses terminamos 1.525 obras nesse período que estamos a frente do governo federal”.

Já o governador Gladson Cameli (Progressistas) defendeu a pauta da universidade em obter um Hospital Universitário. “O Acre é uma das poucas cidades que não tem Hospital Universitário. Vamos a Brasília buscar recursos. Temos que abraçar essa causa, concluir esse sonho para ajuda a trazer condições de saúde. Mais de 90% da saúde pública é pelo SUS”.

Por fim, Cameli agradeceu o apoio do governo federal ao Estado. “A sua vinda mostra um compromisso do governo federal para o Acre”, ressaltou.

Via-Ac 24 horas

Compartilhe:

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on telegram
Redação Juruá Online

Redação Juruá Online

Notícias Relacionadas