Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on telegram

“Minha memória se apaga vagarosamente”, escreveu Silvio Santos, aos 89 anos, em relato comovente

_________________Publicidade_________________

O apresentador falou com honestidade sobre sua saúde, em uma carta tocante.

Silvio Santos é, com certeza, uma das maiores personalidades de nosso país. Seja por sua história de determinação e superação, ou por acompanhar famílias de todo o país na televisão há quase 70 anos, ele é referência para muitas pessoas.

Todos nós já nos sentamos alguma tarde para assistir ao seu programa, seja sozinhos ou na companhia de famílias e amigos, e crescemos testemunhando o seu sucesso na televisão. No ano passado, aos 89 anos, o apresentador redigiu uma carta bastante sincera sobre a sua realidade, que tem tocado o coração de muitos fãs.

A carta divulgada por seus familiares nas redes sociais foi escrita para o prefácio do livro “Sonho sequestrado”, de Marcondes Gadelha. A obra conta sobre o momento em que Silvio, tendo Gadelha como vice, se candidatou às eleições presidenciais de 1989. Na carta, de julho de 2020, Silvio se mostra positivo quanto à obra do companheiro, apesar dos desafios da idade.

O apresentador diz: “Como muitos de meus órgãos, incluindo o óbvio, que não funciona há muito tempo, minha memória a cada dia que passa vai se apagando vagarosamente. Este seu livro me lembra de acontecimentos que eu já tinha esquecido e me deixa emocionado a cada página que leio.”

Ele ainda comenta que acreditava estar preparado para ser presidente do país e que faria escolhas que melhorariam as condições das pessoas humildes, que vivem situações de bastante dificuldade. No entanto, questiona se carreira política teria sido boa para ele, a família, para sua carreira na televisão e para as pessoas que gostam dele.

Silvio contou na carta que se emocionou com as coisas que leu no livro escrito por Gadelha, afirmando que ele tem “talento de escritor e generosidade de amigo”, e que por muitas vezes lágrimas de saudade e emoção surgiram em seus olhos ao relembrar vários momentos.

Silvio, que faz parte do grupo de risco da pandemia de covid-19, manteve-se afastado dos estúdios do SBT para preservar sua saúde. No entanto, em julho deste ano, retomou as gravações; já havia tomado as duas doses da vacina. Dois meses depois, testou positivo para a doença, e precisou ser internado, e teve alta após poucos dias.

Via-Osegredo

Compartilhe:

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on telegram
Redação Juruá Online

Redação Juruá Online

Notícias Relacionadas