Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on telegram

Mercados são abastecidos com mais de 60 toneladas de peixe para a Semana Santa

Há peixes de várias espécies, como o Matrinchã, Curimatã, Piau, Pacu, Surubim entre outros. Os preços variam entre 8 e 15 reais o quilo.

Apesar da situação de pandemia vivida pela sociedade, as festas tradicionais se mantém como é o caso da Semana Santa.

Nesse período se inclui de maneira intensa no cardápio da população, a venda de alimentos como peixe, especialmente na quinta-feira Santa e ovos de chocolate, para o domingo de Páscoa, assim como pratos alimentícios dos mais variados.

Mas normalmente, a grande procura é pelo pescado.

Visando evitar aglomeração, a Secretaria Municipal de Agricultura, além do Mercado do Peixe, providenciou outros dois pontos de venda desse produto.

Um local fica do lado do Mercado e outro ao lado da Central de Comercialização, também chamada de Mercado do Agricultor próximo ao Ministério Público .

“Cumprindo determinação do prefeito, fizemos estes espaços cobertos de lona, para evitar ou diminuir as possibilidades de transmissão do novo Coronavirus”, destacou o secretário Elenilfo Nascimento.

Há peixes de várias espécies, como o Matrinchã, Curimatã, Piau, Pacu, Surubim entre outros.

Os preços variam entre 8 e 15 reais o quilo.

Segundo um pescador que estava em uma das tendas improvisadas,
já há cerca de 30 toneladas de peixe sendo vendidas na cidade e a previsão é que até sexta-feira,02, cheguem outras 40 toneladas de pescado para serem vendidas no mercado local nesse período.

Da Redação Juruá Online

Compartilhe:

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on telegram
Redação Juruá Online

Redação Juruá Online

Notícias Relacionadas