Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on telegram

Menina de 6 anos recebe vacina contra a Covid-19 por engano em SC

_________________Publicidade_________________

A prefeitura de  Criciúma no Sul de Santa Catarina, confirmou nesta terça-feira (2) que uma criança de 6 anos recebeu uma dose da vacina contra a Covid-19 por engano. De acordo com a Secretaria Municipal de Saúde, a menina é acompanhada por médicos e está bem. A vacinadora responsável pela aplicação foi afastada e o caso é investigado.

O engano ocorreu em 26 de outubro, quando a família da menina foi até um posto de saúde para tomar a vacina contra a gripe. O imunizante aplicado na criança, segundo a prefeitura, foi o da Pfizer.

Responsável pela pasta da saúde no município, Acélio Casagrande disse que a profissional tem nove anos de experiência. Segundo ele, um processo administrativo já foi aberto para identificar o que aconteceu.

“Ficamos sabendo através da nossa Vigilância Epidemiológica. A Vacinadora se equivocou. No mesmo instante, ao tomar conhecimento, ela foi afastada. É um erro humano, que pode acontecer em qualquer lugar com qualquer profissional”, disse.

Procurada, a Diretoria de Vigilância Epidemiológica de Santa Catarina (Dive/SC) informou que em caso como esse os municípios têm que notificar o erro no sistema do Ministério da Saúde.

No início de outubro, a Pfizer e a BioNTech pediram ao Food and Drug Administration (FDA), agência reguladora dos Estados Unidos, a autorização de uso emergencial de vacina contra a Covid-19 em crianças de 5 a 11 anos.

Também em setembro, Pfizer e BioNtech anunciaram que a vacina é segura e induz resposta imune em crianças de 5 a 11 anos. Os dados são preliminares e ainda precisam passar por avaliação de outros cientistas para serem publicados em revista científica.

Até agora, a vacina da Pfizer pode ser aplicada em pessoas a partir dos 12 anos.

Que vacina é essa? Pfizer Biontech

Via-G1

Compartilhe:

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on telegram
Redação Juruá Online

Redação Juruá Online

Notícias Relacionadas