14 de agosto de 2022   |   11:09  |  

booked.net

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on telegram

Médico alerta para o risco de crianças engolirem moedas e pequenos brinquedos

É preciso eliminar os riscos de se ter algo prejudicial que possa ser ingerido pela criança, evitando assim acidentes.

_________________Publicidade_________________

Redação Juruá Online

Na noite do último sábado (28), uma criança de três (03) anos de idade precisou de atendimento médico ao engolir moeda (25cts).

A criança foi levada ao Pronto Socorro do Hospital do Juruá, em Cruzeiro do Sul, por estar vomitando, sob a suspeita de ter engolido um objeto. Uma radiografia confirmou a moeda, instalada no esôfago.

O médico Marlon Holanda cuidou do caso, deixando a criança em observação, pois a mesma havia se alimentado momentos antes do acidente, e precisava de um jejum de pelo menos 12 horas para o procedimento de endoscopia. A retirada da moeda aconteceu no domingo e a criança passa bem.

Nos primeiros anos, a curiosidade natural da criança em relação ao ambiente faz com que ela leve à boca os mais incríveis e perigosos objetos. É preciso eliminar, ou pelo menos minimizar, os riscos de se ter algo prejudicial que possa ser ingerido pela criança, evitando assim acidentes.

O médico responsável, Marlon Holanda, informou que em nossa região, há certa frequência de casos como esse, e alertou sobre os cuidados nesse sentido.

“De vez em quando aparece no Pronto Socorro, praticamente toda semana, criança que engole um brinquedo, um pedaço de metal, moedas, baterias. Fica uma alerta aos pais, evitar comprar brinquedos pequenos (…), objetos pontiagudos que eles possam engolir”, declarou o médico.

Caso o incidente aconteça, os pais devem entrar em contato com o pediatra e seguir para uma emergência o mais rápido possível, nas primeiras 12 horas.

Compartilhe:

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on telegram

LEIA MAIS