Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on telegram

Mbappé decide e PSG vence o Mônaco para conquistar a Copa da França

_________________Publicidade_________________

A final da Copa da França colocou frente a frente dois times em busca de um título na temporada, com ambos tentando salvar desempenhos regulares em 20/21. 

O diferencial é que de um lado tinha uma equipe com mais qualidade e um jogador fora de série, que decidiu a decisão no melhor estilo lei do ex, o craque Kylian Mbappé.
 

Jogo morno e vacilo decisivo

Paris Saint-Germain e Mônaco começaram a partida com propostas diferentes. O PSG tentava jogar no campo do adversário girando a bola de um lado para o outro, sem muita objetividade, enquanto o time do principado se defendia bem buscando sair no contra-ataque. 

O duelo era morno, mas o Mônaco, após os 15 primeiros minutos, estava começando a querer jogar mais. Porém, aos 18’, em uma falha incrível de domínio de Disasi, numa bola mal passada por Majecki, Mbappé roubou a redonda, o goleiro saiu e ele tocou para Icardi, que só rolou para o gol vazio, o PSG abria o placar. 

Após o tento do PSG, o Mônaco passou a ter a bola, com os parisienses esperando mais para saírem no contra-golpe. Apesar disso, os monegascos não conseguiam assustar e o Paris tinha dificuldade de colocar velocidade. Na melhor chance após o gol, Florenzi acertou uma bomba para a defesa de Majecki. 

O confronto seguiu amarrado com poucas chances de gol e nenhuma levando perigo, finalizando o primeiro tempo sem grandes emoções.
 

Pressão do Monaco, mas Mbappé é fora de série

O segundo tempo iniciou morno, o Mônaco tentava exercer alguma pressão, mas não conseguia infiltrar na defesa parisiense. Faltavam triangulações e alguém que fizesse uma jogada individual, algo que quebrasse as linhas. O Paris Saint-Germain parecia satisfeito com a vitória parcial pela contagem mínima e tinha muita morosidade para atacar nos 15 minutos iniciais. 

O Mônaco encurralava o PSG, com a posse de bola girando ela de um lado para o outro sem conseguir penetrar na defesa adversária. Em uma dessa jogadas laterais, Sidibe cruzou da direita e a bola foi para o gol, tocando no travessão e levando muito perigo. Na sequência, aos 25’ da segunda etapa, um bate e rebate sobrou para Diata, que chutou para firme defesa de Navas.

Os monegascos seguiam pressionando, mas não davam trabalho direto para Navas. Porém, do outro lado, o PSG tinha muita qualidade. Primeiro, em um lance incrível, Mbappé quase fez um gol de placa por cobertura do meio da rua, que lembrou muito o lance de Cavani no jogo do Manchester United nesta semana, mas a bola caprichosamente tocou no travessão. Só que logo na sequência, Di Maria, num contra-ataque consciente, deu um passe brilhante para Mbappé, que só tirou do goleiro para fazer um belo gol, dando o título para o time de Paris. 
 

Daí para frente o Mônaco ainda tentou diminuir, mas não conseguiu levar perigo real ao gol de Navas, pois o time sentiu demais o segundo tento. 
 

Final: Paris Saint-Germain 2x0 Mônaco 
 

Com a vitória, o PSG garantiu pelo menos uma taça na atual temporada, já que o Campeonato Francês está difícil para o time parisiense, que não depende apenas das próprias forças para conquistar o título. 

Agora, além de lutar pela Ligue 1, o principal desafio para o Paris Saint-Germain é segurar Mbappé, que segundo rumores, não deseja continuar na equipe. Leonardo e toda a diretoria terão que apresentar belos projetos, esportivo e financeiro, para deixar seu craque satisfeito. 

Por Playmaker

Compartilhe:

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on telegram
Redação Juruá Online

Redação Juruá Online

Notícias Relacionadas