Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on telegram

Mais de 31,7 mil inscritos no Bolsa Família em Rio Branco têm até 14 de julho para fazer recadastramento

_________________Publicidade_________________

Beneficiários precisam fazer a avaliação médica e atualizar o cadastro no programa social. A avaliação é feita na Unidade de Saúde da Família no bairro do beneficiário. Caso não consiga passar pela avaliação, a família não terá o benefício bloqueado.

Mais de 31,7 mil beneficiários do Programa Bolsa Família em Rio Branco devem atualizar o cadastro e fazer a avaliação médica até o 14 de julho. Essa avaliação é feita a cada seis meses e é um dos critérios para receber o recurso social.

Porém, caso não consiga fazer, o beneficiário não terá o recurso bloqueado por conta da pandemia.

A Secretaria de Saúde da capital acreana (Semsa) informou que essa avaliação pode ser feita na Unidade de Saúde da Família do bairro do beneficiário. Para isso, basta apresentar:

  • Cartão do Bolsa Família;
  • Carteira de vacinação da criança;
  • Cartão da gestante (no caso de mulheres grávidas);
  • Carteira de Identidade (RG);
  • CPF.

“Mulher cadastrada precisa fazer o PCCU, as grávidas precisam apresentar o cartão do pré-natal, crianças menores de 7 anos têm que levar a carteira de vacina. Essas pessoas precisam ir à unidade de saúde fazer a avaliação”, destacou o secretário municipal de saúde, Frank Lima.

A coordenação do Bolsa Família no estado informou que foi baixado um decreto, no início da pandemia, que garante que nenhum beneficiário seja prejudicado porque não está tendo aula presencial, que estão suspensas no Acre desde março de 2020, que é um dos critérios para se manter no programa e nem estão cumprindo com outras atividades.

Por G1 ACRE

Compartilhe:

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on telegram
Redação Juruá Online

Redação Juruá Online

Notícias Relacionadas