Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on telegram

Mais de 20 alunos do curso de medicina da Ufac testam positivo para Covid-19 após festa

_________________Publicidade_________________

A Universidade Federal do Acre – UFAC, suspendeu as aulas presenciais do curso de medicina, que haviam sido retomadas em outubro, depois que 25 alunos do curso e pessoas que tiveram contato com eles, testaram positivo para Covid-19 ao participarem de duas festas em Rio Branco no último final de semana. A medida foi tomada pela coordenadora do curso, a médica Fátima Fagundes, com objetivo de evitar um surto de Covid-19 na instituição.

“As atividades presenciais foram interrompidas por uma semana, até que finalizemos a testagem de todo o curso”, explica relatando ainda que todos os alunos estão com ciclo vacinal completo.

“Ontem, 12, testamos boa parte do nosso corpo discente, com resultados negativos. Até o presente momento, não houve nenhum caso secundário relacionado às atividades educacionais e/ou assistenciais do curso, demonstrando a efetividade de todos os cuidados e protocolos de biossegurança adotados no retorno gradual de algumas atividades de ensino presenciais na instituição”, pontua a UFAC .

Segundo a Ufac entre os infectados há dezenove alunos. Dezesseis pessoas que estiveram nas festas estão com quadro de gripe forte e cansaço. Por enquanto não há notícias de internação. Além da turma dos participantes da festa, outras também tiveram casos e o número de contaminados pode passar de 60.

Festa de medicina na Faixa Amarela sem máscara

Em fotos divulgadas dos eventos, o grupo se diverte sem máscara e sem respeito às regras de distanciamento, apesar de Rio Branco estar na faixa amarela com relação ao coronavírus.

A médica coordenadora do Curso de Medicina destaca que o evento não foi oficial e sim promovido pelos futuros médicos. Ela cita a busca pela conscientização deles com relação à gravidade da pandemia.

“Estamos também procurando conscientizar a comunidade acadêmica do fato de que a pandemia ainda persiste entre nós, e da responsabilidade que possuímos, enquanto promotores da saúde e da ciência no Estado do Acre”, conclui.

Via – Ac 24 Horas

Compartilhe:

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on telegram
Redação Juruá Online

Redação Juruá Online

Notícias Relacionadas