Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on telegram

Mãe de menino agredido pelo padrasto durante aula online em Erechim presta depoimento

Adolescente de 13 anos foi encaminhado para atendimento psicológico. Investigação é sigilosa.

_________________Publicidade_________________

A mãe do menino de 13 anos, que foi agredido pelo padrasto durante uma aula online, transmitida ao vivo, em Erechim, no Norte do Rio Grande do Sul, prestou depoimento à Polícia Civil sobre o caso na terça-feira (20). A investigação é sigilosa, por se tratar de menor de idade, e detalhes do depoimento e dos próximos procedimentos da polícia não serão divulgados, como explica a delegada do caso, Raquel Kolberg.

A agressão ocorreu no último dia 12. “A gente segue instruindo procedimento. A mãe foi ouvida e o menino foi encaminhado para exame de lesões e avaliação psicológica. A polícia aguarda o retorno dos atos para a conclusão do inquérito”, diz a delegada.

A mãe contextualizou o fato, de acordo com a delegada, e respondeu sobre como era a relação. Ela estava em casa, mas não presenciou a agressão, conforme relatou. Logo após o ocorrido, o homem deixou a residência, de acordo com a Polícia Civil e o Conselho Tutelar.

Remoção do vídeo

Nas imagens, que tiveram a autenticidade confirmada pelo Conselho Tutelar do município, o homem aparece discutindo com o adolescente, e puxando-o da frente do computador. Logo depois, o menino volta a sentar. Em seguida, é possível ver o homem puxando o cabelo do adolescente.

O Conselho Tutelar pediu que o Ministério Público encaminhe solicitação para remoção do vídeo de redes sociais, e solicitou que a escola orientasse os alunos a não espalharem as imagens.

A escola denunciou o caso ao Conselho Tutelar e avisou a mãe do adolescente, que procurou a Polícia. Uma investigação no Ministério Público também foi instaurada após notícia de fato comunicada pelo Conselho.

Via-G1

Compartilhe:

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on telegram
Redação Juruá Online

Redação Juruá Online

Notícias Relacionadas