Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on telegram

Mãe confessa que abandonou bebê em lixeira no Complexo do Alemão

_________________Publicidade_________________

Mulher alegou em depoimento à polícia que este foi um “ato de desespero”, mas depois de arrependeu e voltou para buscar a criança.

A mãe do bebê encontrado dentro de uma lixeira na comunidade Nova Brasília, no Complexo do Alemão, na zona norte do Rio, no domingo (27) prestou depoimento na 22ª DP (Penha) nessa segunda-feira (28/6).

Ao jornal O Dia, a mulher, que não teve a identidade revelada, contou que deixou a criança no local por já ter cinco filhos e não ter condições de criar mais uma criança. Ela disse também que escondeu a gravidez de todos, inclusive do pai do bebê.

“Foi um ato de desespero. Eu resolvi não falar da minha gravidez para ninguém. Então, no dia que eu dei à luz, fiquei um pouco nervosa e resolvi deixar ele nesse colégio, perto da lixeira”, disse ela.

Enquanto a mulher deixava a sacola com o bebê na lixeira, garis da Comlurb (Companhia Municipal de Limpeza Urbana) a avistaram e se aproximaram do local após ela sair. Foi quando encontraram o menino.

Instantes depois, a mãe, arrependida, voltou para buscar a criança, mas quando chegou à lixeira, muitos moradores já estavam no local tirando fotos da criança, além de terem contado histórias inverídicas.

“Contaram que meu filho estava fedendo, foi colocado na lixeira, que eu tinha ido parar na mão de traficantes. Não foi nada disso, ontem mesmo eu já estava com o meu bebê, mas ele precisou ir para o hospital para uma consulta”, disse.

O delegado responsável pelo caso, Wellington Vieira, afirmou que a delegacia aguarda os laudos do atendimento médico sobre as condições do bebê. A mãe pode responder por abandono de incapaz.

“O bebê está internado no Hospital Getúlio Vargas, sob cuidados do hospital. A polícia agora aguarda o boletim de atendimento médico e vamos fazer um laudo pra verificar as condições físicas dele. Parece que ele está bem, se for assim a mãe vai responder pelo crime de abandono de incapaz.”

Segundo o delegado, por enquanto, a mãe não será presa, pois foi voluntariamente à delegacia e confessou o que fez. Uma das prioridades é avaliar se a mulher tem condições de ficar com a criança.

Por Metrópoles

Compartilhe:

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on telegram
Redação Juruá Online

Redação Juruá Online

Notícias Relacionadas