Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on telegram

Loja no Acre publica fantasia de Hitler sugerida por professor e repercute: “Não sabia que é crime”

_________________Publicidade_________________

Um homem vestido de Adolf Hitler – líder nazista do século XX responsável por um dos maiores genocídios da história do mundo – ganhou repercussão na página da loja Acre Fantasias, em Rio Branco, nesta última semana.

Na foto compartilhada no Instagram, ele aparece com o bigode que caracteriza o político alemão e a suástica (símbolo do movimento) no braço direito.

Após alguns comentários postados, a loja resolveu apagar a publicação.

No Brasil, é considerado crime fabricar, comercializar, distribuir ou veicular símbolos, emblemas e objetos de divulgação do nazismo, de acordo com o artigo 1º da Lei 7.716/89. Caso seja caracterizado o ato de divulgar ou comercializar materiais com ideologia nazista, a pena pode variar entre um a três anos de prisão e multa.

A reportagem do ContilNet entrou em contato com a administradora do empreendimento, Rita Pejon, para obter esclarecimentos sobre o assunto. Ela informou que produziu a fantasia a partir do pedido de um professor para a realização de um trabalho escolar e que postou a imagem sem saber que se tratava de um crime.

“Postei como uma fantasia comum para um trabalho de escola. O professor me pediu, e eu adaptei. Não sabia que era crime”, explicou. Pejon aproveitou o uniforme de piloto e fez uma adaptação com a suástica.

“Não tinha nenhuma intenção de ferir alguém, ser preconceituosa ou algo do tipo”, continuou.

Rita diz que o seu filho pediu para ela apagar a publicação ainda nesta quarta-feira. “Ele [o filho] me disse: “Mãe, que coisa ridícula, apaga isso”. Eu fiz imediatamente sem saber que teria a repercussão que teve”, finalizou.

Via-Contilnet

Compartilhe:

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on telegram
Redação Juruá Online

Redação Juruá Online

Notícias Relacionadas