Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on telegram

Levantamento que coloca duas cidades do Acre entre as 120 mais violentas teve erro, diz Ipea

_________________Publicidade_________________

O secretário de Justiça e Segurança Pública em exercício, Maurício Pinheiro Soares, emitiu uma nota na última quinta-feira, 25, contestando o estudo divulgado pelo Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea) que colocou as cidades de Rio Branco e Cruzeiro do Sul entre os 120 municípios mais violentos do país.

Em nota, o secretário afirmou que após questionamento a Secretaria Nacional de Segurança Pública (SENASP) que, por meio de corpo técnico, confirmou que os números em relação a Rio Branco foram duplicados e quadruplicados em relação a Cruzeiro do Sul. Segundo ele, a Segurança do Acre já solicitou ao instituto a correção dos dados e posteriormente a republicação do estudo.

Segundo a Sejusp, o desentendimentos de dados dos indicadores catalogados pelo Ipea se deu a partir do confrontamento das informações com os dados constantes no Sistema Nacional de Informações de Segurança Pública – Sinesp, uma plataforma de informações integradas, que possibilita consultas operacionais, investigativas e estratégicas sobre segurança pública implementado em parceria com os entes federados.

“Um dos principais objetivos do Sinesp é a consolidação de dados e informações de interesse da segurança pública que permitam o tratamento, análise e divulgação de estatísticas nacionais. Uma informação importante não constante do relatório, mas disponível na plataforma do Sinesp é que Cruzeiro do Sul apresenta redução de 81,87% de homicídios em relação a 2018 e Rio Branco 24,12% no mesmo período. Atendendo a solicitação da SENASP, o Ipea já retirou a publicação do ar”, destacou.

Em nota divulgada nesta sexta-feira, 25, o Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea) afirmou que foi identificada a existência de um erro no script de processamento da base de dados que originou a Nota Técnica Preliminar ‘Metodologia para a Seleção dos Municípios Participantes do Programa Nacional de Enfrentamento de Homicídios e Roubos’ que embasou a notícia publicada no site ‘Ipea elabora classificação dos 120 municípios mais violentos do Brasil’, nesta quarta-feira (23/6).

“O Instituto agradece ao Estado do Acre por haver identificado e comunicado a existência de um problema e lamenta o ocorrido. Os autores do trabalho elaboram, no momento, uma versão corrigida da publicação, que será acompanhada de uma nota explicativa relacionada à ocorrência”, afirmou.

Por Lucas Vitor

Compartilhe:

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on telegram
Redação Juruá Online

Redação Juruá Online

Notícias Relacionadas