Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on telegram

Juventus é o campeão da oitava edição da Copa Master 50

_________________Publicidade_________________

Foi duro, foi disputado, mas o Atlético Clube Juventus se consagrou como o grande campeão da Copa Master 50, realizada pelo governo do Estado. A vitória veio nas penalidades pelo placar de 7 a 6 depois de empatar no tempo normal de jogo contra o time do Rio Branco.

Ao todo, dez clubes participaram da competição que se iniciou no dia 14 de setembro e teve encerramento na quinta-feira, 11. Foram vinte e sete partidas disputadas, foram marcados 70 gols numa média de 2,7 gols por partida com a participação de mais de 300 atletas. O artilheiro da copa máster 50, edição 2021, foi o atleta do Rio Branco, Francisco Evandro, com 5 gols.

Rio Branco e Juventus realizaram uma das partidas mais disputadas da Copa Master 50. Foto: Stalin Melo/SEE

Para chegar à final, o Juventus empatou na fase de grupos da competição com o próprio Rio Branco pelo placar de 1 a 1, depois perdeu para o Amigos do EB 88 pelo placar de 1 a 0, empatou em 2 a 2 com a equipe Amigos do Acre e depois empatou com a equipe Vasp, da Vila Acre.

Já o Rio Branco fez uma campanha melhor do que o Juventus na fase de grupos. Ganhou de 5 a 1 da Vasp Vila Acre, ganhou de 1 a 0 do Amigos do EB 88, empatou com o próprio Juventus em 1 a 1 e ganhou de 2 a 0 do time Amigos do Acre.

Juventus conseguiu superar o time do Rio Branco nas penalidades. Foto: Stalin Melo/SEE

A final da Copa Máster 50 foi chamada de clássico “pai e filho” e o time do Rio Branco tinha a possibilidade de conquistar a tríplice coroa, já que foi o campeão estadual com o time masculino de futebol e também com a equipe feminina, quando venceu a Assemurb.

O chefe de Departamento de Esportes da Secretaria de Educação, Cultura e Esportes (SEE), Júnior Santiago, destacou que a copa máster 50 é a primeira competição oficial do governo no pós-pandemia. “É uma retomada do calendário oficial que envolve duas equipes tradicionais do nosso estado”, afirmou.

Junior Santiago lembrou os tempos áureos do futebol acreano. Foto: Stalin Melo/SEE

Ele destacou que o clássico “pai e filho” é disputado desde os tempos do estádio José Melo, momento em que o esporte amador era muito valorizado no Acre. Lembrou dos grandes craques do passado, como Papelim, Dema, o rei Arthur, Leitão e Chicão, atletas que participaram da Copa Master.

“É muito bom finalizar a oitava edição da Copa Máster 50 com a liberação de público, para pouco mais de 300 pessoas, com esses craques do passado, sem dúvida tivemos uma grande partida, uma grande final disputada aqui hoje no Arena da Floresta”, disse.

Por SECOM

Compartilhe:

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on telegram
Redação Juruá Online

Redação Juruá Online

Notícias Relacionadas