Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on telegram

Justiça nega pedido para impedir realização de jogos da Copa América no RJ

Desembargador diz que decisão compete ao governador do estado e ao prefeito da capital fluminense

_________________Publicidade_________________

O Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro negou o pedido para suspender os jogos da Copa América no estado. Na decisão, o desembargador Adriano Celso Guimarães afirmou que a decisão sobre a realização das partidas cabe ao governo do Estado e à prefeitura da capital fluminense.  

O pedido foi feito na última terça-feira (8) pelo deputado estadual Flávio Serafini (PSOL). Na ocasião, o parlamentar disse à CNN que “trazer atletas e profissionais que atuam em diferentes partes do mundo aumenta o risco de virem novas cepas para cá, num momento em que a pandemia segue sob descontrole. A cidade do Rio de Janeiro, além de toda a Baixada Fluminense e outros municípios, seguem em bandeira vermelha. Uma nova cepa é o que a gente não precisa, pois pode significar novas mortes”. 

O decreto municipal em vigor permite a realização de jogos, mas proíbe a presença de torcedores. Na última sexta-feira (4), o prefeito Eduardo Paes (PSD) julgou como inoportuna a realização da competição neste momento e informou que a prefeitura não chegou a ser consultada formalmente. “O que eu imagino é que eles estejam se guiando pelo decreto em vigor na cidade”, declarou na oportunidade. 

A prefeitura do Rio de Janeiro, cidade que receberá as finais, não recebeu até agora os detalhes sobre hospedagem, permanência e lista de estrangeiros. 

Segundo um levantamento da CNN, confirmado por fontes da Conmebol, cerca de 1.200 estrangeiros credenciados devem desembarcar no Brasil. A estimativa da Associação Brasileira da Indústria Hoteleira ABIH é que a taxa de ocupação dos hotéis no Rio aumente em 20% devido à procura de turistas por causa da Copa.  

Atualmente, o estado do Rio de Janeiro soma mais de 52 mil óbitos por Covid-19 desde o início da pandemia. A taxa de incidência do vírus é de 5,181 por 100 mil habitantes. Na capital, 89% dos leitos de unidade de terapia intensiva estão ocupados.

Via-CNN

Compartilhe:

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on telegram
Redação Juruá Online

Redação Juruá Online

Notícias Relacionadas