20 de maio de 2022   |   16:28  |  

booked.net

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on telegram

Justiça decreta prisão de homem que sufocou cachorro até a morte em clínica veterinária em Maceió

_________________Publicidade_________________

A prisão de Davi Silva dos Santos, de 24 anos, foi decretada na audiência de custódia. Ele estava trabalhando há cerca de três meses na clínica É O Bicho e confessou ter apertado a coleira do cachorro porque estava estressado.

“Meu cachorro nunca rosnou, nunca nem mordeu ninguém, ele era dócil, muito dócil, é inacreditável”, disse a tutora do animal, Maria Eduarda Cavalcante.

O homem já responde a outros crimes na justiça como homicídio e receptação. Com essa decisão judicial, Davi dos Santos vai aguardar preso o andamento do processo.

Se condenado, ele pode pegar de 2 a 5 anos de prisão. A pena por maus-tratos de cães ou gatos é aumentada de um sexto a um terço quando o crime resulta na morte do animal.

Pelo relato colhido pela Polícia Militar, quando percebeu que o animal não estava mais reagindo, ele saiu da sala de tosa e avisou que o cachorro tinha desmaiado, mas os policiais perceberam que ele tinha desfalecido por ter sido puxado com violência, como mostra o vídeo.

A direção da clínica É o Bicho, que fica no Barro Duro, publicou uma nota lamentando o ocorrido e dizendo que não compactua com os maus-tratos aos animais. O texto diz ainda que as autoridades policiais foram informadas assim que a direção tomou conhecimento da morte do animal e que está prestando assistência aos tutores.

Via-G1

Compartilhe:

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on telegram

LEIA MAIS

AS ÚLTIMAS

top 10 mais lidas