Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on telegram

Justiça dá prazo de 5 dias para MPAC denunciar homem que matou esposa a facadas

_________________Publicidade_________________

O juiz Alesson Braz, da 2ª Vara do Tribunal do Júri e Auditoria Militar, deu cinco dias para o Ministério Público do Estado do Acre (MP-AC) oferecer denúncia contra Hitalo Marinho Gouveia, de 33 anos, acusado de matar a esposa Adriana Paulichen, de 23 anos, com duas facadas e por estrangulamento no último dia 9 julho, no bairro Estação Experimental, em Rio Branco.

Segundo informações do Tribunal de Justiça, o despacho foi publicado na edição do Diário Eletrônico do dia 16 de julho. De acordo com a decisão, o órgão controlador terá que se manifestar em relação ao pedido da defesa de liberdade provisória do último dia 9, após a prisão em flagrante de Gouveia ter sido convertida em preventiva.

No mesmo dia onde foi apresentado o pedido de liberdade, Hitalo revelou na delegacia de Polícia Civil, em depoimento, que teve um caso extraconjugal com a melhor amiga da vítima, Andressa Rocha.

O crime ocorreu no bairro Estação Experimental em um ponto comercial, onde o casal vivia temporariamente. Ele foi preso e confessou o crime. Quando a Polícia Militar chegou ao local, Gouveia já estava detido por um policial civil, que foi quem acionou as guarnições.

Via – Ac 24 Horas

Compartilhe:

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on telegram
Redação Juruá Online

Redação Juruá Online

Notícias Relacionadas