16 de agosto de 2022   |   19:39  |  

booked.net

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on telegram

Justiça aceita denúncia e anestesista flagrado em estupro vira réu

O crime foi filmado pela equipe de enfermagem que, com as gravações, comunicou imediatamente os fatos à chefia do hospital, que acionou a Polícia Civil.

_________________Publicidade_________________

O juiz Luís Gustavo Vasques, da 2ª Vara Criminal de São João de Meriti, na Baixada Fluminense, recebeu, nesta sexta-feira (15), a denúncia do Ministério Público contra o anestesista Giovanni Quintella Bezerra. O médico vai responder como réu pelo crime de estupro de vulnerável contra uma mulher que havia acabado de passar por uma cesariana no centro cirúrgico do Hospital da Mulher Heloneida Studart, no domingo (10).

De acordo com a denúncia, o crime foi cometido contra mulher grávida e com violação do dever inerente à profissão. Para preservar e resguardar a imagem da vítima foi decretado sigilo no processo.

O crime foi filmado pela equipe de enfermagem que, com as gravações, comunicou imediatamente os fatos à chefia do hospital, que acionou a Polícia Civil. No local, os policiais realizaram a prisão em flagrante médico.

Em sua decisão, o juiz destaca que a denúncia oferecida pelo Ministério Público preenche os requisitos para transformar Giovanni em réu.

Com Informações CNN Brasil

Compartilhe:

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on telegram

LEIA MAIS