Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on telegram

Junqueira deve assumir secretaria de Produção e Agronegócio na próxima semana

_________________Publicidade_________________

A nomeação de Nenén faz parte da repactuação do governo com os emedebistas.

Parar de importar milho e outros produtos e passar a produzir para consumo local e exportação para os países vizinhos é uma das metas do pecuarista Neném Junqueira, que deverá assumir a Secretaria de Estado de Produção e Agronegócio (Sepa) na próxima semana.

Ele diz que o foco de sua gestão à frente da Sepa será fortalecer a pecuária, a produção rural e a abertura de novos mercados. Para isso, vai trabalhar no sentido de desburocratizar as leis.

Junqueira deverá assumir o lugar do médico veterinário Edivan Maciel, que ficou à frente da pasta um ano e quatro meses como indicação da deputada federal Mara Rocha (PSDB).

A nomeação de Junqueira, ligado ao senador Márcio Bittar (MDB), faz parte da repactuação do governo com os emedebistas.

O pecuarista estava filiado ao PSL até esta quarta (17), quando pediu para sair . Ele afirmou que não recebeu convite para ir ao MDB e, no momento, ficará sem partido.

“Temos muitas ações e projetos em mente. Um deles é parar de importar milho e passar a produzir aqui para consumo local e exportação para os países vizinhos, por exemplo. O Acre possui terras férteis e vamos trabalhá-las com foco no agronegócio e na pecuária”, disse Nenê, que agradeceu ao governador Gladson Cameli, a Márcio Bittar e ao MDB pela confiança.

Junqueira é da quinta geração de família de produtores rurais. Ele chegou ao Acre em 1977, com apena dois anos de idade, vindo de Londrina, no Paraná. Atua profissionalmente no ramo do agronegócio desde os anos de 1990.

“O Acre é o estado que me acolheu e por isso me sinto um acreano. Minha esposa e filho são do Acre e tudo o que eu tenho conquistei trabalhando honestamente aqui”, comenta.

Via: Contilnet

Compartilhe:

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on telegram
Redação Juruá Online

Redação Juruá Online

Notícias Relacionadas