1 de julho de 2022   |   23:24  |  

booked.net

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on telegram

Julgamento do Caso Jonhliane começa nesta terça-feira

_________________Publicidade_________________

Redação Juruá Online

Nesta terça-feira (17) começa o julgamento de Ícaro José da Silva Pinto e Alan Araújo de Lima, acusados pela morte de Jonhliane de Souza, no dia 6 de agosto de 2020, na Av. Antônio da Rocha Viana, em Rio Branco.

A acusação alega contra Ícaro, crime de homicídio doloso, omissão de socorro e embriaguez ao volante, e Alan, pela morte da jovem. A defesa sustenta a tese de que houve acidente de trânsito simples e não um crime.

Os acusados estão recolhidos em unidade prisional. Os crimes do Art.132 do CP (perigo para a vida ou saúde de outrem) e do Art.308 do CTB (participar, na direção de veículo automotor, em via pública, de corrida, disputa ou competição automobilística) foram excluídos da apreciação dos jurados.

O ministério Público deverá ouvir no primeiro dia de júri, cinco (5) testemunhas de defesa de Ícaro e cinco (5) de Alan e interrogatórios dos réus. A previsão para o segundo dia é de ocorra somente os debates, e o Juiz Títular, Alesson Braz, deve assinar a sentença até o final do dia, após votação dos jurados.

De acordo com o Promotor do Ministério Público, Efraim Mendonza, a defesa dos acusados quer retirar o mérito de homicídio culposo, quando há a intenção de matar.

Uma testemunha ocular teria presenciado o acidente. A promotoria afirma que ela já testemunhou anteriormente e, se comparecer, será para corroborar o que já está nos altos do processo.

O caso ocorreu numa manhã do dia 6 de agosto de 2020, por volta das 6h, na Av. Antônio da Rocha Viana, em Rio Branco. O veículo BMW, conduzido por Ícaro, chocou-se contra a motocicleta em que Jonhliane se conduzia. Alan dirigia um veículo da marca VW, modelo Fusca 2.0T. Ambos acusados foram flagrados em alta velocidade na avenida.

Compartilhe:

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on telegram

LEIA MAIS